Má posição no mercado de games pode colocar Eletronic Arts à venda

Por Redação | 17 de Agosto de 2012 às 15h32

Apesar de ser uma notícia especulativa, a revista Edge divulgou que a Eletronic Arts está procurando possíveis compradores. A má adaptação ao mercado, que tem crescido na área de social games ou títulos para celulares , pode ser a grande vilã a empurrar a empresa para essa decisão.

Com sua posição decaindo na bolsa, porta-vozes da empresa sugerem a venda apenas depois que as ações passarem a valer US$ 20. Outras informações do site indicam que essa transação está em período inicial e que não há nada certo ainda.

Dois fundos de investimentos privados, o KKR e a Providence Equity Partners podem estar em conversação com a desenvolvedora, que por sua vez não quis dar nenhuma declaração que confirmasse o negócio.

A concorrente Activision Blizzard também andou de olho nessa possível venda e a sua intenção sobre a posse da EA é grande. Como urubus em volta de carniça, a empresa Vivendi continuará de olho para a Blizzard, pensando em começar os negócios com as compras de ações.

Um dos jogos que foi tiro no pé da Eletronic Arts é Star Wars: The Old Republic. No entanto, com a entrada de FIFA 13 no mercado, em breve, pode ser que a parte financeira da empresa se equilibre até segunda ordem.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.