Japonês de 25 anos é preso após fazer ameaças de morte a executivos da Nintendo

Por Redação | 21.11.2013 às 13:20
photo_camera Divulgação

PlayStation 4, Xbox One e Wii U deram o pontapé inicial para a nova geração de consoles, mas parece que tem gente levando a sério demais essa rivalidade. Um japonês de 25 anos de idade foi preso nesta quarta-feira (20) após fazer ameaças a dois executivos da Nintendo. As informações são do Kotaku.

Segundo a publicação Sankei News, o homem enviava ameaças de morte através de formulários no site da Big N, diretamente de seu computador, onde o criminoso falava o nome dos executivos dizendo que os mataria "mais cedo ou mais tarde". As identidades dos dois empresários não foram divulgadas pelas autoridades locais.

Depois de rastrear as mensagens, a polícia chegou até o rapaz na manhã desta quarta-feira. Na casa do suspeito, os policiais encontraram outras ameaças no computador, incluindo a colocação de bombas na sede da Nintendo, na cidade de Kioto. O japonês assumiu a autoria dos crimes e ainda disse que as tais bombas plantadas na companhia vão explodir na tarde desta quinta-feira (21). O rapaz teria afirmado que quer ver a Nintendo "na falência".

O homem já está detido, mas a polícia de Kioto ainda investiga outras possíveis ameaças que possam estar ligadas com o caso. Uma delas aconteceu em setembro deste ano, quando a Nintendo também recebeu a ameaça de que uma bomba havia sido instalada dentro da empresa.

A Nintendo ainda não comentou sobre o caso. Vale lembrar que nesta semana a companhia fará o lançamento de novos produtos, incluindo os jogos Super Mario 3D World, The Legend of Zelda: The Wind Waker HD, The Legend of Zelda: A Link Between Worlds e Mario Party: Island Your. Todos os títulos chegam ao Brasil também neste fim de semana em um evento para celebrar o lançamento do Wii U no país. Leia mais.