Gamer, prepare seu bolso: eventos e lançamentos movimentarão próximos meses

Por Redação | 29.08.2014 às 14:05 - atualizado em 29.08.2014 às 15:16
photo_camera Reprodução

Os meses de setembro a novembro marcam a temporada dos grandes lançamentos no mercado de games. Os principais players do mercado reservam para esses meses seus principais anúncios e os gamers ficam de plantão aguardando a fatídica data chegar para adquiri-los.

Um dos destaques deste ano é o FPS com elementos de RPG Destiny. Desenvolvido pela Bungie, antiga responsável pelos jogos da famosa série Halo, o game se passa num mundo aberto onde o jogador é colocado na pele de um guardião da última cidade da Terra. Para manter a vida seguindo por aqui, o jogador deverá derrotar inimigos da humanidade e explorar ruínas em planetas como Marte e Vênus. Destiny será lançado em 9 de setembro para PlayStation 3, Xbox 360, PlayStation 4 e Xbox One.

Destiny

Destiny é o título mais aguardado deste ano e, como a maioria dos jogos da Bungie, conta uma história futurista onde o jogador deve proteger a última cidade da Terra (Imagem: Reprodução)

Outro título bastante aguardado é a sequência da franquia Assassin's Creed, Assassin's Creed: Unity. Assim como nos games anteriores, o jogo se passa num mundo aberto e permite ao jogador criar suas próprias estratégias para assassinar os Templários, inimigos do jogo que controlam o curso da História. Este será o primeiro título da série desenvolvido exclusivamente para os videogames de nova geração e PC. O lançamento estava agendado para ocorrer em 28 de outubro, mas foi adiado para 11 de novembro.

Assassin's Creed Unity

Em Assassin's Creed: Unity a Ubisoft continua explorando a fórmula dos jogos da franquia. Desta vez, no entanto, o inimigo são os Templários. Título chega aos consoles de nova geração e PC em novembro (Imagem: Reprodução)

Por falar em jogos para a nova geração, a Sony está preparando o lançamento do aguardado DriveClub, exclusivo para o PlayStation 4. Inicialmente previsto para chegar às lojas junto com o novo videogame, o jogo de corrida social acabou sofrendo com o que a Sony classificou de "problemas técnicos imensos" e agora só deve dar as caras em outubro.

DriveClub

Em DriveClub o jogador não deve apenas correr e competir com os amigos, mas também bater os desafios propostos por ele. Título deve chegar ao mercado em outubro para o PS4 (Imagem: Reprodução)

Para o Xbox One a Microsoft está preparando Forza Horizon 2, cuja demonstração será disponibilizada em 16 de setembro com exclusividade para o console. O título é a principal aposta de Redmond para atrair mais jogadores para o console e chegará às lojas em 30 de setembro também para Xbox 360.

Forza Horizon 2

A fórmula mais despojada proposta por Forza Horizon deu certo e a Microsoft resolveu promover a segunda versão do festival de corridas no Xbox One e Xbox 360. Jogo chega no fim de setembro (Imagem: Reprodução)

Todos os lançamentos, claro, acontecerão primeiramente nos Estados Unidos. Mesmo assim, isso não significa que as coisas ficarão paradas no Brasil. Em outubro, por exemplo, acontecerá no Expo Center Norte, em São Paulo, a Brasil Game Show entre os dias 9 e 12 do mês. O evento não só é considerado o principal do setor no país, como também é uma ótima oportunidade para se reunir com os amigos e testar algumas novidades antes delas chegarem ao mercado.

Outro evento interessante que acontecerá no dia 12 de setembro é o Brasil Game Day. Nele, várias lojas do e-commerce nacional se reúnem por 24 horas para oferecer descontos em consoles, jogos e acessórios. A expectativa é que a ação promova não apenas títulos de catálogo, como também lançamentos recentes e jogos para Xbox One e PlayStation 4.

Para os mais nostálgicos, a AciGames promoverá o Retrogames Brasil entre os dias 27 e 28 de setembro. O evento reunirá as maiores comunidades de consoles e computadores clássicos do país para matar a saudade daqueles que sentem falta dos pixels aparentes nas TVs de casa. Entre os destaques do evento está o Museu do Videogame de Roma, que promete mostrar que os jogos eletrônicos não são apenas entretenimento, mas também uma forma de arte.

Leia também: