Banque o jornalista: um game baseado em notícias reais

Por Ultradownloads | 12 de Julho de 2012 às 10h15

Segundo notícia do Nieman Journalist Lab, o CEO da startup holandesa VJ Movement, Thomas Loudon, anunciou a criação de uma espécie de jogo para Facebook que mistura jornalismo real com a ficção.

Os jogadores assumem o papel de correspondentes internacionais e encaram diversas missões no mundo virtual, como, por exemplo, atravessar a fronteira do Irã ou salvar as crianças-soldados na Somália.

Thomas Loudon

Thomas Loudon, CEO da VJ Movement

Assista Agora: Gestor, descubra os 5 problemas que suas concorrentes certamente terão em 2019. Comece 2019 em uma nova realidade.

"Você tem que criar suas habilidades, sua personalidade, você viaja o mundo virtual como um jornalista", disse Loudon. "Você vai estar cooperando ou competindo com outros jogadores que se encontram. Você pode decidir juntar-se com um fotógrafo, por exemplo, e ir com ele. Ou você pode ignorar o fotógrafo e dizer 'eu vou por minha conta'.".

Para desenvolver o jogo ele conta com 300 jornalistas espalhados em 100 países, e o mais legal é que eles ganham para enviar suas notícias e ainda vê-las ilustradas na tela do game. São 750 euros por uma vídeo reportagem e 150 euros para um cartoon editorial.

O NewsGame, como foi batizado, será gratuito no Facebook, mas os jogadores poderão comprar moedas no jogo por meio de dinheiro real, assim como no Farmville, por exemplo, e isso ajudará a pagar os honorários dos jornalistas na vida real.

"Tudo está sendo baseado em experiências reais de correspondentes", completa Loudon. "Estamos recolhendo informações, tanto quanto possível, de correspondentes para criar o jogo. A ideia, a razão pela qual as pessoas iriam jogar, seria basicamente para participar dessa aventura."

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.