Ex-engenheiros da Valve anunciam óculos de realidade aumentada para games

Por Redação | 16 de Outubro de 2013 às 15h41
photo_camera Divulgação

Se você gosta de games, com certeza deve ter ouvido falar sobre o Oculus Rift. O acessório, que transforma jogos de console em experiências imersivas de realidade aumentada, virou um dos queridinhos de grandes nomes da indústria – incluindo John Carmack, da Id Software (empresa criadora de "Doom" e "Quake").

Agora, um outro dispositivo está prestes a entrar nesse universo: o castAR, um par de óculos de realidade aumentada e virtual criado por dois ex-engenheiros da Valve, a companhia responsável pelo serviço de games Steam.

Jeri Elisworth e Rick Johnson anunciaram o projeto pelo site de doações Kickstarter nesta segunda-feira (14). O aparelho consiste em um par de micro-projetores acoplados aos óculos do usuário. Cada projetor exibe imagens em 3D estereoscópico que, graças a marcadores de infravermelho embutidos no sistema do produto, permite a visualização do objeto no mundo real.

Segundo o CNET, a ideia de criar o gadget surgiu quando a engenheira Jeri ainda trabalhava na Valve. "Tudo começou com um daqueles momentos 'Eureca', em maio de 2012", disse a equipe. "Jeri fazia algumas experiências com um projetor e viu um clarão inesperado que vinha da luz no lado oposto da sala. Ela observou que, quando o projetor brilhava sobre uma superfície única, ele produzia um flash brilhante como a luz refletia de volta. Foi então que Jeri percebeu como o material poderia ser usado na projeção de imagens".

Jeri e Rick ainda afirmam que o castAR será compatível com outros dois periféricos para expandir suas capacidades. Um deles, o Magic Wand ("Varinha Mágica", na tradução livre), vai permitir que os usuários posicionem itens para controlá-los no espaço, enquanto a grade RFID de rastreamento terá o papel de reconhecer tais objetos pela superfície. O anúncio no Kickstarter diz que as funções dos óculos também podem ser integradas a dispositivos móveis, como tablets e smartphones.

O castAR tem financiamento mínimo de US$ 400 mil e falta pouco para alcançar seu objetivo. A campanha, que vai até o dia 14 de novembro, já arrecadou pouco mais de US$ 388 mil.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!