EUA concede vistos de atletas profissionais para jogadores de League of Legends

Por Redação | 15.07.2013 às 13:25

Os jogadores e fãs de 'League of Legends' podem se aventurar em competições distribuídas por diversas partes do globo, incluindo o Brasil, graças aos esforços da Riot Games. Agora, o jogo e seus jogadores ganharam status de esporte e de atletas, respectivamente, com o governo norte-americano concedendo vistos para os jogadores de LoL como atletas profissionais para participarem do campeonato mundial de MOBA.

"O governo dos Estados Unidos passou a reconhecer jogadores profissionais de 'League of Legends' como atletas profissionais, e está emitindo vistos de trabalho nos Estados Unidos para esses jogadores", afirmou em entrevista ao GameSpot Nick Allen, gerente de eSports da Riot. Com isso, Allen afirma que ficou mais fácil para organizar campeonatos mundiais, já que os jogadores se tornaram reconhecidos em sua modalidade.

A conquista da Riot Games abre um novo espaço para que outras empresas produtoras e organizadoras de campeonatos eSports consigam reconhecimento. Segundo o Kotaku, muitos representantes brasileiros em categorias profissionais de jogos eletrônicos não puderam participar de etapas nos Estados Unidos por problemas com o visto, como é o caso de Breno Fighters, que ia participar do torneio de 25 anos de 'Street Fighter' no ano passado e teve seu visto negado duas vezes.

O campeonato brasileiros de 'League of Legends', valendo vagas para a final do torneio, acontece entre os dias 19 e 21 de julho no WTC Golden Hall, em São Paulo.