Diretor executivo afirma: "Novo Tomb Raider irá fazer o jogador chorar"

Por Redação | 30 de Agosto de 2012 às 14h40

Quem jogou Tomb Raider nos primórdios sabe o que é aventura de verdade, mesmo porque muitos jogos, tempos depois, adotaram os principais elementos de jogabilidade e ambientação que os títulos da Eidos traziam.

Com puzzles muitas vezes irritantes, inimigos implacáveis e gameplay plataforma bem estruturado, o foco nas aventuras de Lara Croft se resumia exatamente nessas peças. Os jogos da franquia sempre tentaram levar o jogador para dentro da história, da vida da personagem, mas a imersão na maioria das vezes era rasa.

Agora, com o novo Tomb Raider, desenvolvido pela Crystal Dynamics, prestes a ser lançado, a expectativa mudou e os criadores da nova aventura da arqueóloga querem trazer mais emoção para a nova trama, além do gameplay clássico (mas sem aquela quadradeira, lógico).

"Nós queremos levar o jogador para uma jornada que colocará a personagem no limite, e depois ela irá se reerguer. Eu acho que Tomb Raider é mais parecido com um programa de TV do que com um blockbuster, porque nós queremos que o jogador passe por toda a progressão do personagem, tanto física quanto emocional, por um longo período de tempo", disse Karl Stewart, diretor executivo do título.

Para Stewart, a maior reação que o jogo deverá criar nas pessoas é o sentimento de apuro que Lara irá se encontrar na maior parte do tempo. A introspecção pela qual ela irá passar, por conta de momentos de tensão, deverá criar um novo parâmetro em termos de imersão num jogo.

"Nós estamos usando da maturidade para contar uma história humana; nós queremos que a pessoa se divirta do mesmo jeito que queremos que ela chore", concluiu o diretor.

Sobre se haverá um modo multiplayer, ainda é cedo para dizer, pois esse recurso nunca foi implementado antes e ainda não existe uma estratégia específica para saber como isso funcionaria na série.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.