De acordo com a própria NVIDIA, 'Shield' não será barato no Brasil

Por Redação | 14.06.2013 às 09:30
photo_camera CNET

Já sabemos que a pré-venda do Shield (console portátil da NVIDIA) nos Estados Unidos foi aberta de forma limitada, por US$ 349. Mesmo sem previsão para a chegada do dispositivo no Brasil, já sabemos que seu preço será bem salgado.

Leo di Biase, gerente de marketing da NVIDIA, fez questão de deixar bem claro durante a E3 que trata-se de um produto top de linha, e isso será refletido no bolso do consumidor. "Ele é um produto 'Premium', não é um produto de massa, então não é algo que veremos sendo comercializado por um preço tão barato", disse o executivo, conforme informações do UOL Jogos.

"Nos Estados Unidos, ele custará US$ 349, mas é difícil imaginar quanto sairá no Brasil. Tudo tem o seu custo, como a dimensão, embalagem, regulamentação com a Anatel... Temos primeiro que analisar para ver se conseguimos incluí-lo na categoria mais adequada, para assim oferecê-lo no menor preço possível", completa di Biase.

O executivo também falou a respeito do design do dispositivo, que é um pouco "grandalhão" para um portátil. Segundo o executivo, ele foi pensado para os gamers hardcore, que dão preferência para uma boa experiência de jogo. "Em nossas pesquisas, percebemos que o perfil do consumidor do Shield é o jogador hardcore. Então, esse design foi pensado a partir de muitos modelos sugeridos".

A versão final do console portátil de plataforma aberta que rodará o Android e suportará vários jogos de PC via streaming, foi apresentada durante a Computex 2013, no início deste mês. O Shield se assemelha com o controle do Xbox 360, porém é equipado com uma tela de alta definição de cinco polegadas e tem seu sistema baseado no processador Tegra 4, também da NVIDIA, e no Android.

O console ainda é equipado com memória RAM de 2GB e tem capacidade de rodar todos os aplicativos para Android, embora nem todos os produtos vendidos na Google Play possam ser otimizados para o uso no console portátil. E o Shield também é capaz de acessar jogos para PC, desde que estes estejam rodando em um computador equipado com processador NVIDIA.

Saiba mais: NVIDIA apresenta versão final do seu console portátil Shield