Counter-Strike: Global Offensive é lançado; conheça toda a trajetória da série

Por Vanessa Lee | 21 de Agosto de 2012 às 21h03

Estamos em tempos de guerra, mas não necessariamente na vida real e, sim, na virtual. Nunca tivemos tantos jogos sobre o assunto como nos últimos dois anos, porém isso não quer dizer que só agora começamos a usufruir de bons títulos.

Numa viagem pelo tempo, podemos pensar nos clássicos dos anos 90, em que games como Wolfenstein 3D e o glorioso Doom nos dava o melhor do FPS naquela época, repercutindo em muitas das coisas que vemos hoje em dia.

Counter-Strike é um exemplo de sucesso que conseguiu longevidade, e exatamente hoje, 21, essa teoria ganhou força com o lançamento de Counter-Strike: Global Offensive, uma versão da série totalmente renovada, que mantém muitos de seus elementos clássicos.

Nascido como um "MOD" de Half-Life, a Valve, em 1999, jogou o game na rede, dando ao jogador duas opções: fazer parte de um grupo de terroristas ou ir para o lado dos soldados, chamados de contra-terroristas. O objetivo era curto e grosso: o time que destruísse mais oponentes levava a classificação vitoriosa. Com um toque um tanto visionário da Valve, a desenvolvedora colocou a mão no bolso e comprou o título, isolando-o como um jogo a parte.

Counter Strike

O sucesso foi tamanho, que hoje em dia podemos dizer que a disseminação das Lan Houses se deu graças ao game, tendo, em consequência, ganhado campeonatos respeitados pelo mundo, dos quais hoje existem jogadores remunerados, formadores de grupos profissionais que saem em busca de disputas ao redor do globo.

Por derivar do Half-life, o game possuia gráficos aceitáveis para a época, mas o que tornou o jogo um sucesso foi a jogabilidade simples e objetiva.

O game teve um inicio dificil no Brasil, só conseguindo expandir os servidores no país depois da versão de testes Beta 5 do mod de Half-Life. Quando as melhorias foram feitas pela Valve ele acabou se tornando o jogo online mais jogado nos anos 90, levando inúmeros brasileiros a fazer corujões lan-houses adentro.

Counter Strike

Ao todo temos seis versões de CS: Counter-Strike: Source, Counter-Strike: Mini-Source, Counter-Strike Online, Counter-Strike 2D, Counter-Strike Neo e o novíssimo CS: Global Offensive.

Por conta da violência excessiva que existia nos games, nos primórdios de sua comercialização, a justiça brasileira decidiu a sua proibição para menores de 18 anos. Mas em 2009, a lei caiu por terra, e agora todos jogam felizes e contentes.

Ofensiva Global

Este ano, após um hiato generoso, eis que os fãs poderão ter algo realmente novo em folha. Global Offensive é a investida que a Valve está dando não somente nos PCs, mas também nos consoles. Agora, jogadores de PS3 e Xbox 360 também poderão fazer parte desse universo, ampliando ainda mais as possibilidades de expansão do jogo. O tiroteio competitivo ganhou asas e poderá, agora, aportar em outros cantos do mundo.

A adaptação não oferecerá apenas a evolução gráfica da geração atual, mas também uma perspectiva diferente para aqueles jogadores que estão acostumados às facilidades do FPS contemporâneo, como as encontradas nas séries mais notórias da atualidade Call of Duty ou Battlefield.

Counter Strike

A recuperação de vida, suporte aéreo, habilidades especiais, armamento especial, esse tipo de coisa não estará disponível. Convenhamos que nada começou fácil, não é? Então é possível dizer: vamos voltar às raízes do bom e velho jogo de guerra, em primeira pessoa.

Serão, ao todo, 45 armas disponíveis, tendo a novidade do coquetel molotov entre os artíficios de guerrilha. O multiplayer terá até 10 jogadores no total, com mapas inéditos e alguns a serem revisitados. Novos modos de jogo também foram integrados, como o "Demolition" e o "Arms Race", no qual o jogador ganha pontos matando o inimigo com armas novas.

Caso você entre em uma sala sem jogadores suficientes, o sistema preencherá o espaço com o pareamento automático, em que os personagens serão controlados por computador. E o ranking é contabilizado de forma que o jogador não tenha que estar em um grupo de pessoas com habilidade equivalente de jogabilidade.

Quem jogar no PS3 poderá fazer uso de três tipos de controles diferentes: DualShock 3, PlayStation Move e Teclado/Mouse USB. Só pra dar aquela facilitada na vida.

Quem estiver afim de começar a jogatina já pode fazer o download de CS:GO através da rede do seu console: PSN, Xbox Live e Steam.

Bom tiroteio!

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.