Controle de videogame tira sangue de verdade do jogador toda vez que ele errar

Por Redação | 24.11.2014 às 19:05
photo_camera Divulgação

Quem gosta de jogos de guerra certamente deve ver seu personagem morrer inúmeras vezes em meio aos tiros e explosões. Mas e se o próprio jogador também perdesse sangue toda vez que o protagonista do videogame fosse atingido? Dois canadenses levaram esse conceito ao pé da letra e criaram o Blood Sport, um sistema em que o usuário perde sangue literalmente.

De acordo com o Engadget, a cada tiro que o jogador leva no mundo virtual, uma quantidade de sangue é retirada de suas veias. Segundo os criadores, o funcionamento do sistema é baseado nas vibrações do controle. Neste caso, o Blood Sport utiliza o sinal elétrico emitido pelo joystick para o extrair o sangue do usuário. Segundo os criadores, o mecanismo funciona em qualquer console que tenha um controle com recurso de vibração.

Apesar de alguns usuários criticarem a iniciativa, é bom saber que o objetivo do projeto é nobre. Através do Blood Sport, a intenção é criar um sistema solidário de jogadores, levando o sangue coletado para bancos de doação em hospitais, por meio de eventos que possam reunir inúmeras pessoas. Durante os jogos, os doadores serão capazes de realizar boas ações fazendo aquilo que gostam: jogar videogame.

É importante lembrar que, obviamente, existe um limite de sangue que poderá ser "perdido", levando em consideração a idade, o peso e as condições de saúde específicas de cada jogador. Por isso, a dica é fugir de títulos como Call of Duty ou Battlefield.

Embora a campanha tenha sido lançada no Kickstarter com a meta de atingir US$ 250 mil, o serviço retirou o projeto do ar. Não foram divulgados detalhes sobre a suspensão, mas não é difícil imaginar que um protótipo como o Blood Sport, mesmo com a ideia de ajudar outras pessoas, pode significar um perigo se não for usado corretamente.

Se atingisse a meta em dinheiro, o projeto seria lançado em 17 de maio de 2015, em Toronto, no Canadá.