Cobertura: Campeonato Brasileiro de League of Legends

Por Felipe Santana Felix | 19 de Julho de 2013 às 16h23

A etapa final do Campeonato Brasileiro de League of Legends teve início nesta sexta-feira (19) no Golden Hall do WTC em São Paulo. As oito melhores equipes do Brasil, que já haviam conquistado sua vaga por etapas preliminares ou pontos, se enfrentaram durante três dias – 19, 20 e 21 de julho – para disputar uma vaga para a classificatória do mundial na Gamescon, em Cologne, Alemanha. As equipes também disputaram uma premiação total de 60 mil dólares, sendo 30 mil destinados ao grande campeão.

Durante todos os dias, acompanhamos o evento e trazemos agora um resumo das partidas com depoimento dos jogadores e imagens de tudo que rolou no Golden Hall.

Primeiro dia

Segundo dia

Último dia

Confira abaixo nossa galeria de fotos:

Os "últimos" serão os primeiros

Após os três dias de evento, a Grande Final foi entre CNB e Pain. Ambas as equipes faziam parte das favoritas para ganhar a competição, porém a CNB, além de ter uma das maiores torcidas do torneio, tinha se classificado de forma muito mais tranquila que a Pain, que teve de suar na BGL Arena para entrar no torneio.

Como se esperava de uma final, ambas as equipes utilizaram suas melhores estratégias. Algumas já haviam sido vistas anteriormente, pois Pain e CNB fizeram o primeiro clássico da fase de grupos, onde a CNB teve uma vitória sem contestações.

A primeira partida da melhor de cinco foi idêntica ao primeiro confronto da fase de grupo e a CNB saiu na frente. Porém, a Pain utilizou uma nova estratégia com uma composição de controle de grupo para atacar e proteger os principais jogadores do time: BrTT, carregador, e Kami, defensor da rota central.

Com essa estratégia, a Pain conseguiu vencer o segundo jogo, empatando o placar com a CNB. A coisa deu tão certo que a equipe continuou a utilizar da mesma ideia de composição de time e conseguiu vencer não só o segundo jogo, como também o terceiro. Assim a Pain foi a grande campeã do Campeonato Brasileiro de League of Legends, batendo a CNB por três jogos a um.

Ao final da partida um dos diretores da Pain, Bruno, não se conteve e no discurso de premiação começou a chorar e contar todo o trabalho que a organização teve para finalmente conquistar este título.

A equipe em 2012 foi terceira colocada e, ao final do torneio, foi a única equipe que se manteve com os mesmos jogadores. Até mesmo as campeãs da VTI já não existem hoje.

Agora a Pain vai representar o Brasil na Gamescom, em agosto, por uma vaga no campeonato mundial. E, segundo declarações do técnico da equipe, "Necro", o time está extremamente preparado para isso.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.