CEO da Crytek promete: "Crysis 3 irá derrubar máquinas"

Por Redação | 20 de Agosto de 2012 às 09h25

Se alguns computadores já deram aquela "arriada" quando tiveram que rodar Crysis 2, a expectativa para o terceiro jogo da série é que ele faça a máquina parar. Aquele delay monstro que irrita até o Papa pode acontecer se os gamers não estiverem preparados para o que virá em termos de engine de Crysis 3.

O título vem que vem pesado, e os desenvolvedores deram uma entrevista durante a Gamescom, elucidando todas as dúvidas sobre o novo game.

O CEO da Crytek, Cevat Yerli, disse que o FPS irá levar os PCs ao limite. Quando o primeiro jogo da série saiu, exclusivamente para a plataforma, entre os gamers, a mesma pergunta circulou pela rede durante muito tempo: será que vai rodar? Pois é, de acordo com Yeli, com Crysis 3 essa questão virá à tona novamente.

"Existe uma expectativa brutal sobre a versão para os PCs de Crysis 3, e uma coisa prometemos: iremos derrubar algumas máquinas", considerou o presidente.

Yerli disse que desenvolver para mais de uma plataforma significa que esse tipo de desafio tem de ser levado totalmente em conta, pois é preciso entregar o melhor em termos gráficos.

"Isso é o tipo de promessa que, quando feita para multiplataforma, temos de manter, mas ao mesmo tempo que tentamos não perder tempo com alguns detalhes, fazemos o possível para que a versão para os computadores seja fantástica, que o gameplay seja incrível", completou.

Crysis 3 chegará em fevereiro de 2013 e, até lá, dá tempo de sobra pra montar "aquela" máquina.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!