Arquitetos anunciam projeto de estádio futurista voltado para o público gamer

Por Redação | 10 de Dezembro de 2013 às 08h30
photo_camera Divulgação

Muito antes de jogos multiplayer online com modos cada vez mais sofistacados, você precisava se reunir na casa de amigos ou em lan houses para jogar seus títulos favoritos com outras pessoas. Bom, e se fosse possível encontrar outros gamers em um grande estádio, igual ao de uma partida de futebol? O projeto já existe e está sendo discutido por arquitetos da cidade do Kansas, nos Estados Unidos.

Em entrevista ao Gizmodo, Brian Mirakian, um dos responsáveis pela ideia, diz que o objetivo é criar um estádio gigantesco para comportar todos os tipos de atividades voltadas para o público gamer, desde centros de jogos até campeonatos mundiais. Tudo isso elaborado por uma equipe de designers que desenvolveu nada menos do que o estádio olímpico de Londres usado nas Olimpíadas de 2012.

O estádio gamer seria inteiro revestido por luzes de LED: nas paredes, no teto e em toda a superfície da construção. Essas estruturas poderiam alternar sua exibição para todos os tipos de dados possíveis, como informações sobre as últimas partidas, cronograma de jogos e transmissão em tempo real dos torneios. Haveria também um espaço com várias estações de jogatina instaladas em salas montadas em grandes braços robóticos, fortes o suficiente para movê-las ao centro da arena na hora de batalhas cruciais entre equipes.

Estádio Gamer

Mirakian explica que o estádio está sendo projetado com base na visão arquitetônica do ano de 2020, quando, segundo ele, a indústria multibilionária global dos games finalmente encontrou sua forma "pública", ou seja, que assim como o cinema, o esporte ou a literatura, os jogos também possuem seu espaço na cultura e nas atividades esportivas mundiais.

Além disso, Mirakian afirma que a proposta do estádio é fornecer um espaço dedicado e ampliar as possibilidades de encontro entre jogadores do mundo todo, "aumentando a sinergia entre os fãs e os atletas" - principalmente aqueles que atuam em nível profissional, como já acontece em lugares como Los Angels e Coreia do Sul. Nesses locais, as competições são levadas muito a sério e premiam os vencedores com quantias milionárias.

Estádio Gamer

Apesar do conceito futurista das fotos, o projeto ainda está em fase inicial e deve receber modificações. Segundo os arquitetos, "há necessidade de uma profunda pesquisa sobre tendências de arquitetura" para prever o que esse tipo de mercado vai precisar daqui em diante para elaborar um local especialmente voltado para gamers. O jeito agora é esperar até 2020.

Estádio Gamer
Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.