82% dos jogos vendidos no Brasil são falsificados

Por Redação | 18 de Dezembro de 2013 às 18h07

Por mais que muitas desenvolvedoras e fabricantes de consoles já estejam estabelecidas no Brasil, a maioria dos jogos vendidos por aqui ainda é falsificada. Segundo um levantamento do Fórum Nacional contra a Pirataria e Ilegalidade (FNCP), 82% dos games vendidos em nosso país são “alternativos”, como se referem a eles os próprios vendedores.

Essa prática, segundo a pesquisa, gera perdas na casa dos R$ 140 milhões, um total que ainda é bastante alarmante para um mercado que está despontando na América Latina. O motivo para tudo isso é simples. De acordo com o presidente do FNCP, Edson Vismona, em entrevista ao UOL Jogos, a alta carga tributária faz crescer o preço dos jogos, por isso, a pirataria acaba parecendo mais interessante.

Em 2012, de acordo com a Abes, mais de 630 mil títulos falsificados foram apreendidos no Brasil, entre softwares e jogos eletrônicos. Apesar de ser um console de duas gerações atrás, o PS2 continua sendo o aparelho mais afetado pela pirataria. Na sequência vem o PlayStation, seguido por Xbox 360, PC e Wii.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.