20 jogos para ficar de olho em 2014 (mas que só devem chegar a partir de 2015)

Por Caio Carvalho | 15.03.2014 às 13:53 - atualizado em 20.07.2015 às 14:57
photo_camera Divulgação

Se em 2013 tivemos jogos como BioShock Infinite, The Last of Us e Grand Theft Auto V, 2014 promete ser um ano de ainda mais surpresas, principalmente agora que a próxima geração se tornou a atual. Inclusive, o Canaltech já preparou vários especiais com os games mais aguardados do ano (Parte 1 e Parte 2) e com 30 jogos independentes que você vai querer jogar nos próximos 12 meses.

Por outro lado, boa parte dos títulos anunciados no ano passado talvez não apareça assim tão cedo nas prateleiras e alguns até têm previsão de lançamento apenas para depois de 2015. Dessa forma, separamos 20 jogos que certamente devem receber novas informações ao longo de 2014, mas que só vão chegar na sua casa a partir do ano que vem. Se você sentiu falta de algum game, deixe sua opinião nos comentários logo abaixo.

D4

  • Estúdio: Access Games
  • Plataforma: Xbox One

Produzido por Hidetaka "Sweary" Suehiro (diretor de Deadly Premonition), Dark Dream Don't Die, ou apenas D4, será um dos novos exclusivos do Xbox One. Na trama, o protagonista David precisa salvar sua esposa chamada Little Peggy, a mulher que ele mesmo assassinou. O trauma foi tanto que o personagem agora sofre de surtos de memória que o permitem viajar no tempo, mas apenas quando ele toca objetos importantes ligados ao passado. D4 será um adventure "aponte e clique" dividido em episódios, nos moldes de The Walking Dead. Os jogadores também poderão usar o Kinect para fazer gestos e dar respostas por voz em diálogos.

Heroes of the Storm

  • Estúdio: Blizzard Entertainment
  • Plataforma: PC

A Blizzard vai apostar no gênero e-sport e concorrer diretamente com nomes como League of Legends e Dota 2. Heroes of the Storm é um MOBA ("multiplayer online battle arena", em inglês) em que dois times diferentes de heróis se enfrentam em arenas de combates, com o objetivo de destruir a torre de comando dos adversários. Será possível escolher vários personagens das franquias da Blizzard e em classes distintas, como Jim Raynor e Sarah Kerrigan (StarCraft II), Diablo e Tyrael (Diablo III), e o elfo Malfurion Stormrage (World of Warcraft).

Tales of Zestiria

  • Estúdio: Bandai Namco Games
  • Plataforma: PS3

O PlayStation 4 já é vendido em vários países do mundo, mas seu antecessor continua fazendo sucesso. Prova disso é que o novo capítulo da série Tales of chegará com exclusividade à terceira geração de consoles da família PlayStation. O RPG de mundo aberto terá os personagens Slay e Alicia como protagonistas, mas ainda não foram revelados detalhes da trama.

Resident Evil 7

  • Estúdio: Capcom
  • Plataformas: não anunciadas

Assim como o primeiro Gears of War, Resident Evil 4 foi um divisor de águas no mundo dos jogos em terceira pessoa. Pode reparar: praticamente todos os títulos do gênero que saíram depois de RE4 adotaram o esquema da câmera logo acima do ombro do personagem. Mas também foi a partir do quarto jogo que a série perdeu aquilo que a consagrou na década de 90: o horror. Não que RE5 e RE6 sejam jogos ruins, mas estão mais para ação do que para o survival horror.

E a Capcom parece ter ficado de olho nisso, principalmente com as críticas de Resident Evil 6. Tanto é que a empresa disse no ano passado que o próximo título da franquia vai voltar às origens e explorar o terror que fez sucesso anos atrás – o jogo mais recente, Revelations, foi bem recebido pelos fãs porque possui essa essência. Ainda não se sabe se o game em questão será RE7; em maio de 2013, até saiu um falso cartaz com os dizeres "A guerra termina agora", indicando que poderia ser o último jogo de toda a série. Outra possibilidade está no remake de Resident Evil 2, assim como aconteceu com o primeiro RE ao ganhar uma versão redefinida para GameCube, mas é provável que essa opção seja descartada caso RE7 esteja em andamento.

Tom Clancy's The Division

  • Estúdio: Ubisoft
  • Plataformas: PC, PS4 e Xbox One

Além da história do escritor Tom Clancy, mestre das tramas de espionagem que faleceu em 2013, The Division, assim como Destiny, promete ser outro jogo que irá mudar a forma como jogamos online com nossos amigos. A Ubisoft garantiu que o título tem previsão de lançamento para o final deste ano, mas é provável que ele seja adiado para 2015 – assim como aconteceu com Watch Dogs no final do ano passado.

O pano de fundo para o enredo do game é um ataque terrorista em larga escala que atingiu a humanidade na noite de Black Friday, evento que reúne descontos em vários produtos e acontece em vários países. Para aqueles que levam ao extremo a qualidade visual de um jogo, este talvez seja o título que justifique equipar um bom computador ou comprar um console de nova geração, pois The Division abusa dos efeitos de luz e partículas em gráficos ultrarrealistas.

Get Even

  • Estúdio: The Farm 51
  • Plataformas: PC, PS4 e Xbox One

Os novos consoles já estão aí, mas talvez nenhum jogo apresente de verdade um visual digno de nova geração. Bom, isso vai mudar em meados do ano que vem, data em que o estúdio The Farm 51 espera lançar Get Even, um título que "elimina a típica divisão entre as experiências de single-player e multiplayer para contar duas histórias interligadas, em uma narrativa que gira em torno de memórias lembradas pelos protagonistas e que criam vários efeitos conforme o game avança".

O primeiro trailer do jogo foi feito com uma tecnologia chamada "Thorskan", que usa um sistema de mapeamento de ambientes físicos para depois transformá-los em virtuais – nós já falamos dele quando o vídeo foi divulgado. As imagens misturam atores e imagens reais com outras feitas no computador, mas tem vezes que quase não é possível diferenciá-las.

Mighty No. 9

  • Estúdio: Comcept, em conjunto com a Inti Creates
  • Plataformas: PC, PS3, PS4, PS Vita, Xbox 360, Xbox One, Wii U e Nintendo 3DS

Saudades do Mega Man? O personagem talvez não volte aos consoles pelas mãos da Capcom, mas seu sucessor espiritual já está encaminhado para praticamente todos os videogames de mesa e portátil da velha e da nova geração – e pelas mãos de Keiji Inafune, um dos criadores da franquia Mega Man. Intitulado Mighty No. 9, o título trará de volta várias mecânicas das eras do 8 e 16-bit, no qual um pequeno robô azul deve derrotar chefões em fases para absorver seus poderes e avançar.

Mighty No. 9 é mais um dos projetos financiados com a ajuda dos fãs através do Kickstarter. Em pouco mais de um mês, ele arrecadou quase US$ 4 milhões, o que garantiu seu desenvolvimento para todas as plataformas. A expectativa é que a aventura chegue aos consoles em abril do ano que vem.

Outrise

  • Estúdio: Team Outrise
  • Plataformas: não anunciadas

Uma nova era dos multiplayers está nascendo com a nova geração de consoles. Primeiro será Titanfall, seguido por títulos como Evolve e Destiny. E Outrise também vai pegar carona nessa nova investida: produzido por ex-desenvolvedores de Assassin's Creed 2 e Call of Duty, o jogo será ambientado em um mundo pós-apocalíptico onde um grupo de 16 jogadores em terra precisa derrotar uma arma gigantesca (controlada por um outro usuário). Assim como em Shadow of the Colossus, Outrise terá como foco a ação contra grandes chefões, ou seja, um ótimo motivo para você já ficar empolgado.

Fable Legends

  • Estúdio: Lionhead Studios
  • Plataforma: Xbox One

Além de Halo, uma outra franquia exclusiva do Xbox chegará ao novo console da Microsoft. Fable Legends é uma aventura cooperativa online para até quatro jogadores, mas também conta com a opção singleplayer que utiliza três companheiros gerados pelo aparelho. Um quinto jogador poderá atuar como vilão e atrapalhar os objetivos dos heróis da história, que se passa 400 anos depois do primeiro jogo da série no reino de Albion. A produtora Lionhead disse que o título deve ter duração entre 5 e 10 anos.

Uncharted

  • Estúdio: Naughty Dog
  • Plataforma: PS4

Uma das franquias de maior sucesso do PlayStation 3 vai ganhar uma sequência no PS4. Sem revelar detalhes da história, nem se o carismático Nathan Drake voltará como protagonista, a Naughty Dog disse que o novo Uncharted terá o maior salto gráfico de sua história – dado o histórico da produtora, já era de se esperar. O primeiro trailer não traz muitas novidades, apenas uma mensagem de vingança enquanto inscrições no idioma latim aparecem por um mapa. Será que algum inimigo do passado voltará para assombrar a vida do caçador de recompensas do mundo dos consoles?

Final Fantasy XV

  • Estúdio: Square Enix
  • Plataformas: PS4 e Xbox One

É muito provável que o jogo só chegue aos consoles a partir de 2015, mas não custa acreditar que novidades (e quem sabe até mais vídeos de gameplay?) do título sejam anunciadas até o final do ano. Originalmente pensado como Versus XIII, Final Fantasy XV terá menos combates em turnos e mais ação. O game tem como protagonista o jovem Noctis, último herdeiro do trono de seu país que renega os padrões da família real. O personagem precisa impedir que saqueadores roubem o chamado Crystal, o artefato mais poderoso do mundo.

Kingdom Hearts III

  • Estúdio: Square Enix
  • Plataformas: PS4 e Xbox One

Depois das versões remasterizadas, chegou a hora de Kingdom Hearts ganhar um capítulo inédito e decisivo. Isso porque o terceiro jogo marcará o fim de uma saga na franquia – apesar de não significar o encerramento da série como um todo. Estão confirmados Sora, Donald e Pateta, mas outros personages da Disney devem aparecer no game. A má notícia é que, assim como Final Fantasy XV, Kingdom Hearts 3 não deve chegar assim tão cedo aos consoles, já que Shinji Hashimoto, um dos produtores das duas franquias, revelou que haverá um intervalo de anos entre o lançamento de um jogo e outro. Resta saber qual deles chegará primeiro.

Mirror's Edge 2

  • Estúdio: DICE
  • Plataformas: PC, PS4 e Xbox One

Os fãs pediram e a Electronic Arts atendeu: um novo Mirror's Edge está a caminho. Produzido pela DICE (a mesma da série Battlefield), o game trará novamente a personagem nipônica Faith, que vive em uma sociedade totalitária e que monitora todos os cidadãos 24 horas por dia. O jogo em primeira pessoa será de mundo aberto e deve contar as origens da protagonista. E como o primeiro trailer diz, o jogo "virá quando estiver pronto".

Star Wars: Battlefront

  • Estúdio: Electronic Arts
  • Plataformas: PC, PS4 e Xbox One

Star Wars: Battlefront é o primeiro jogo anunciado pela EA desde que a Disney comprou os direitos da série. A produtora revelou um teaser durante a E3 2013, em junho, mas apenas isso. Nossa expectativa é que o próximo game da franquia seja tão surpreendente quanto as imagens de Star Wars 1313, que infelizmente foi cancelado.

Far Cry 4

  • Estúdio: Ubisoft Montreal
  • Plataformas: não anunciadas

A Ubisoft já afirmou que está desenvolvendo uma sequência para o excelente Far Cry 3, mas nada além disso. Em 2014, esse mistério deve chegar ao fim quando novas informações sobre o quarto jogo da franquia serão reveladas. No final do ano passado até surgiu uma suposta imagem da continuação trazendo o vilão Vaas e a data 4 de abril. Vamos torcer para que isso seja verdade.

Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

  • Estúdio: Kojima Productions
  • Plataformas: PS3, PS4, Xbox 360 e Xbox One

Hideo Kojima já mandou avisar: não espere ver The Phantom Pain antes de dezembro de 2015. Sequência direta para Metal Gear Solid V: Ground Zeroes, o game será quase como a "versão oficial" do sucessor que chega agora em março. Pouco da história foi revelado; por enquanto, sabe-se que Snake sofreu um grave acidente em campo que o fez ter um dos braços amputados e substituído por uma espécie de gancho.

Nos primeiros dois trailers do jogo, o personagem deve escapar de um hospital enquanto tenta distinguir o que é sonho e o que é realidade. Já nos vídeos seguintes divulgados na E3 2013, Snake aparece atravessando um deserto para cumprir uma de suas missões de espionagem – com direito a cenas de torturas. The Phantom Pain também será um game de mundo aberto, e seu mapa será 30 vezes maior do que o de Ground Zeroes.

Doom 4

  • Estúdio: Bethesda
  • Plataformas: não anunciadas

Depois de seis anos quase sem nenhuma informação, a Bethesda vai finalmente dar um aperitivo do novo Doom ainda neste ano. O game terá um beta exclusivo para quem fizer a pré-venda de um outro jogo da produtora, Wolfenstein: The New Order, que chegará às lojas em maio. Os jogadores que comprarem o título deverão cadastrar o código no site oficial de Wolfenstein, em uma seção dedicada a Doom 4, para confirmar o interesse em participar do beta e receber um convite quando os testes começarem. Fora isso, será preciso esperar mais um pouco até saber como será o novo Doom, que deve ser lançado em sua versão final só depois de 2015.

Mass Effect 4

  • Estúdio: BioWare
  • Plataformas: não anunciadas

O final do terceiro Mass Effect pode não ter agradado muita gente. Mas a série como um todo se estabeleceu como a principal franquia de ficção científica da geração passada – especialmente Mass Effect 2. Os produtores da BioWare disseram que o quarto título será algo completamente novo e sem o comandante Shepard, mas que, ao mesmo tempo, fará com que os jogadores que completaram os games anteriores se sintam em casa.

The Last Guardian

  • Estúdio: Team Ico
  • Plataformas: não anunciadas

Já faz tanto tempo que ouvimos falar sobre The Last Guardian que fica até difícil acreditar que ele está sendo desenvolvido, quem dirá um dia finalmente chegar em nossas mãos. Isso sem contar que, além de um trailer na E3 2011, muito pouco foi revelado sobre a situação do jogo do criador de ICO e Shadow of the Colossus, e a Sony parece querer esconder qualquer informação ligada ao título. Afinal, ele foi cancelado?

Não. Pelo menos de acordo com a própria Sony, que disse entre uma entrevista e outra que espera o "momento certo" para reapresentar o título, o que indica que o game pode ter sofrido mudanças e trocado de plataforma, ou seja, do PS3 para o PS4. Outra pista é que Shuhei Yoshida, presidente da Sony Computer Entertainment, afirmou no final de 2013 que já testou um pouco de The Last Guardian e que o jogo "está bonito".

Até o idealizador do projeto, Fumito Ueda, pediu desculpas pelo atraso no game. "Deixando o desenvolvimento em curto prazo de lado, sinto muito [pelo atraso] por vários motivos [e porque] deixei meu público esperando por um longo tempo", disse à revista EDGE, em novembro do ano passado. O desenvolvedor ainda completa dizendo que "o resto é segredo", então o jeito é segurar as expectativas e aguardar por novidades em 2014.

Cyberpunk 2077

  • Estúdio: CD Projekt Red
  • Plataforma: PC

O último jogo desta lista é também um dos últimos a chegar ao mercado – e por isso estamos ansiosos por novas informações sobre ele neste ano. Desenvolvido pela CD Projekt Red, responsável pelo aguardado The Witcher 3: Wild Hunt, Cyberpunk 2077 é inspirado no jogo de mesa dos anos 80 Cyberpunk 2020 e nas obras do escritor William Gibson, e será um RPG de mundo aberto e destinado a um público mais maduro.

O jogador será levado para Night City, uma cidade futurista nos moldes do filme "Blade Runner" onde os cidadãos respiram tecnologia por todos os cantos. Carros voadores, letreiros de realidade aumentada e outros produtos avançados são comuns, assim como os implantes cibernéticos. O protagonista precisa lidar com os problemas causados pelo rápido avanço tecnológico que, apesar de trazer benefícios, causou a decadência de toda a sociedade. A dependência da tecnologia é tanta que algumas pessoas abusam de modificações no próprio corpo e acabam enlouquecendo, criando um conflito entre a parte máquina e a parte humana.

A conclusão é que o lado sintético consegue dominar todas as formas orgânicas dos usuários, transformando-os nos "psychos" – androides superpoderosos que começam a matar outras pessoas, sem nenhuma explicação. A partir daí, a Maximum Force Tactical Division, mais conhecida como Psycho Squad, precisa entrar em ação para evitar que a praga cause mais estragos.