Você precisará de bastante espaço na sua sala para usar o HTC Vive

Por Redação | 05 de Fevereiro de 2016 às 11h05
photo_camera Divulgação

O HTC Vive, dispositivo de realidade virtual da Valve fabricado pela taiwanesa HTC, chega em abril deste ano, mas o manual de usuário do gadget já está disponível na internet e revela alguns detalhes interessantes sobre o acessório, entre eles o fato de que você precisará de uma sala tecnicamente grande para poder jogar seus games através do aparelho.

O documento diz respeito à versão mais recente do kit de desenvolvimento do Vive, o PRE Vive, a mesma que está sendo enviada para estúdios de produção de conteúdo e designers. Como o produto tem previsão de lançamento para daqui dois meses, é provável que o modelo atual - o que inclui suas configurações e recomendações de uso - seja bem parecido com a versão final que veremos no mercado.

Uma das primeiras características descritas no guia de usuário é sobre o espaço necessário para que os óculos de realidade virtual funcionem da melhor maneira possível. Para tal, a HTC recomenda uma área aberta com no mínimo 1,5 metro de largura por 2 metros de altura, e os sensores que farão o reconhecimento do dispositivo no ambiente não podem ultrapassar os 5 metros de distância, caso contrário o aparelho não vai operar com fluidez. Além disso, o computador que funcionará em conjunto com o headset também precisa estar num campo de visão de até 5 metros.

HTC Vive

Ao todo, serão dois sensores que precisarão ser colocados em direções opostas: um na parte dianteira, onde fica a TV, e outro atrás de você, e ambos precisam ser ligados na tomada. Segundo o manual, os sensores não necessitam se conectar ao Vive ou ao seu computador para trocar dados de forma ativa. Em vez disso, o headset identifica pulsos invisíveis de luz emitidos pelas duas torres para determinar sua posição no local.

Para que o HTC Vive reconheça você e seus movimentos, todo o ambiente precisa estar limpo - ou seja, sem nenhum obstáculo por perto. Isso inclui sofás, poltronas, mesas e cadeiras. Espelhos e superfícies reflexivas, além de janelas e outras fontes de luz solar direta, também precisam ser cobertos.

Caso algum cômodo da sua casa não atenda esses requisitos, a HTC afirma que será possível usar o headset como controle para os jogos, como acontece nos consoles de mesa tradicionais. Mesmo assim, você ainda terá que instalar os sensores frontal e traseiro para que o dispositivo faça o reconhecimento do acessório, com a diferença de que não precisa ser em um ambiente mais amplo recomendado pela companhia.

HTC Vive

Ainda sem preço definido, o HTC Vive entra em pré-venda no próximo dia 29 de fevereiro. Assim como seus principais concorrentes, o aparelho vai oferecer outros conteúdos além dos jogos eletrônicos. Entre as empresas que já confirmaram produção de material para os óculos de realidade virtual da Valve estão o Google e a HBO. Não há previsão de lançamento no Brasil.

Fonte: HTC via VentureBeat