Life Sciences: lentes de contato inteligentes evoluem e deixam o Google X

Por Redação | 21 de Agosto de 2015 às 10h36

A Alphabet, holding do Google anunciada no início deste mês, agora sustenta um projeto científico que promete trazer uma grande inovação para a área da saúde. Desenvolvido inicialmente pelo laboratório de pesquisas Google X, as lentes de contato inteligentes finalmente estão ganhando forma.

O produto já estava em desenvolvimento há cerca de três anos e, segundo uma publicação de Sergey Brin na sua página do Google+, a equipe do Google X por trás do dele está pronta para deixar a fase experimental e evoluir para a Life Sciences, nova divisão criada pela Alphabet.

As lentes de contato inteligentes foram um dos projetos mais diferentes da gigante das buscas, tendo ganhado notoriedade e potencial nos últimos tempos. Até mesmo Brin se disse surpreso com a influência que a companhia conquistou no mercado da medicina por causa delas. O produto, até mesmo, atraiu a atenção da empresa de saúde Novartis, que licenciou a tecnologia para que ela pudesse ser real.

Lente de contato inteligente

Para que servem?

As lentes de contato inteligentes não são apenas um simples wearable. Elas integram minúsculos componentes capazes de monitorar a glicose do corpo, transmitindo dados sem fio para um dispositivo conectado. O objetivo é fazer o monitoramento de níveis de açúcar no sangue de um modo menos invasivo do que é feito atualmente.

Life Sciences

A nova companhia da Alphabet terá Andy Conrad como CEO e ainda deve passar por uma reestruturação organizacional. Porém, o objetivo continua sendo unir a saúde com a tecnologia.

Além de trabalhar com pesquisa e desenvolvimento próprio, a empresa também deve colaborar com outras companhias de ciência da vida para transformar suas ideias em produtos comercializáveis quando possível.

Fonte: Slash Gear, Sergey Brin

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.