Google Home Max também deixa manchas brancas em móveis de madeira

Por Natalie Rosa | 26 de Fevereiro de 2018 às 11h55
photo_camera CNET
TUDO SOBRE

Google

O alto-falante inteligente da Google, o Google Home Max, pode até ser um gadget que desempenha bem as suas funções, mas, na hora da decoração, o dispositivo deixa a desejar. O usuário Mike Prospero relatou ao site Tom's Guide que a novidade da Google deixou manchas em seu móvel.

Prospero realizou um teste com diferentes speakers inteligentes: Amazon Echo de segunda geração, Amazon Echo Plus, Amazon Echo Dot, Amazon Echo Show, Amazon Echo Spot, Apple HomePod, Sonos One, Google Home Max e Google Home Mini.

Todos os dispositivos foram posicionados em um móvel de madeira por pouco mais de 27 horas. Os alto-falantes que deixaram marcas foram o HomePod, da Apple, deixando uma mancha circular branca; o Google Home Max, que deixou uma mancha também branca devido ao seu silicone; e o Sonos One, deixando marcas brancas mais discretas.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Mancha branca do Google Home Max (Imagem: Tom's Guide)

Segundo Prospero, as três marcas utilizam bases de silicone feitas em seus dispositivos, recomendando que elas não sejam usadas para evitar problemas com os móveis.

Recentemente, os HomePods da Apple já haviam recebido a reclamação de que deixavam manchas onde eles estavam posicionados. A companhia reagiu às reclamações afirmando que, com produtos de limpeza ideais para a superfície, as manchas desaparecem. 

Fonte: Tom's Guide

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.