É assim que a Microsoft imagina você assistindo TV usando o HoloLens

Por Redação | 03 de Fevereiro de 2016 às 10h50
photo_camera Divulgação

Enquanto a Microsoft não confirma quando o HoloLens chegará ao mercado e ao consumidor final, a empresa segue exibindo o que podemos esperar sobre seus óculos de realidade aumentada. Uma das demonstrações mais recentes mostra que assistir jogos da NFL, famosa liga de futebol americano, será uma experiência bastante futurista.

Em um vídeo divulgado nesta terça-feira (2), a companhia indica que o acessório poderá ser usado sem ideias mirabolantes: basta colocar os óculos e assistir a partida como se estivesse vendo pela TV. A diferença é que o HoloLens acompanha o movimento da sua cabeça para adequar a imagem de acordo com sua posição, o que de certa forma traz muito mais conforto ao usuário.

Só que não demora muito para o gadget apresentar seu verdadeiro potencial. Assim como em Minecraft, você poderá projetar dezenas de elementos do jogo direto na mesa de estar da sua sala, desde uma versão digital do estádio até os próprios atletas que estão naquela partida. Cada um desses hologramas exibe ainda informações específicas: no caso do estádio, é possível ver dados sobre horário de funcionamento e dos próximos jogos que serão realizados no local. Quanto aos jogadores, o aparelho pode exibir seu desempenho na partida, como pontos acumulados, por exemplo.

Também é possível manipular as câmeras do estádio para ver de perto as jogadas de cada atleta e fazer replays instantâneos dos melhores momentos da partida. Ou ainda ver hologramas em tamanho real dos jogadores invadindo o ambiente, semelhante ao que aconteceu na demonstração do game Project X-ray, exibida em outubro do ano passado.

E lembra do IllumiRoom? Desenvolvido pelo Departamento de Pesquisas da Microsoft e apresentado no início de 2013, trata-se de um projeto que expande as imagens exibidas na tela da televisão para todo o ambiente. Na época, a plataforma utilizava um projetor em conjunto com Kinect para projetar o conteúdo do televisor nas laterais e horizontais da TV. Inicialmente, o protótipo seria destinado para games, mas parece que a companhia vai usar sua aplicação no HoloLens.

De fato, tudo isso parece ser uma prévia de como as próximas gerações poderão interagir com seus programas favoritos. No entanto, ainda deve demorar alguns anos até que essas tecnologias sejam lançadas para o usuário comum. Isso porque não depende apenas da Microsoft fabricar esse tipo de aparelho, mas também das produtoras de conteúdo, que teriam que adaptar suas atrações e oferecer suporte a recursos de realidade aumentada.

Uma versão do HoloLens para desenvolvedores tem previsão de lançamento agora para o primeiro trimestre de 2016 e custará US$ 3.000.

Fonte: Microsoft

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.