Drone é usado como transporte de drogas em presídio nos EUA

Por Redação | 28 de Outubro de 2015 às 13h22
photo_camera Divulgação/USP

Um drone carregando maconha, metanfetamina, heroína, serras para corte de barras de ferro, um telefone celular, cola, fones de ouvido e cigarros foi encontrado caído no pátio de uma prisão no estado de Oklahoma, nos Estados Unidos. O caso aconteceu nesta segunda-feira (27) na Penitenciária Estadual da região, que fica a 130 quilômetros da capital, e foi o primeiro do tipo a acontecer no território.

De acordo com os policiais, a aeronave foi encontrada de cabeça para baixo e completamente desligada, em torno das 9h00 da manhã. Ao tentar entrar na prisão pelos ares, o dispositivo teria se enroscado no arame farpado que guarda o local e acabou perdendo o controle, caindo e tornando-se inoperável. O modelo usado pelos criminosos era um quadricóptero DJI Phantom.

A ideia dos responsáveis seria entregar o pacote com o contrabando sem que fosse necessário pousar. Enrolados em plástico, os itens estavam pendurados no drone por uma linha de pesca. Ao se aproximar das grades das celas, os presos poderiam pegar o conteúdo com a mão, provavelmente durante a madrugada, com a cobertura da noite dificultando a visão.

Drone contrabando

As autoridades abriram uma investigação para descobrir tanto quem seriam os responsáveis pela operação quanto aqueles que receberiam o pacote. A presença de serras indica uma possível tentativa de fuga, mas os policiais disseram não terem encontrado outros indícios de que criminosos estariam tentando escapar dos domínios da prisão.

Esse foi o primeiro incidente envolvendo drones a acontecer em uma prisão de Oklahoma. Casos parecidos já ocorreram em outros estados, e essa é justamente uma das preocupações das agências americanas na regulamentação do uso desses aparelhos, uma vez que eles estariam facilitando o transporte de contrabando não apenas para instituições carcerárias, mas também indivíduos em penas domésticas.

Fonte: Reuters