Computex 2015: Conheça o Zenwatch 2, novo smartwatch da ASUS

Por Pedro Cipoli
photo_camera Pedro Cipoli/Canaltech

Wearables vieram para ficar, o que fez com que muitos fabricantes passassem a incluir modelos em seu portfólio de produtos. É o caso do Zenwatch 2 da ASUS, ainda não confirmado para o Brasil, mas com grandes chances de vir para cá, e já podemos adiantar: se ele realmente vier, o reinado do Moto 360 estará severamente ameaçado, assim como a penetração de mercado do Apple Watch, quando esse for liberado para compra.

O sistema operacional é o já conhecido Android Wear, o que nos faz acreditar que, em poucos anos, o mercado de smartwatches ficará semelhante ao de smartphones, com fabricantes tentando conquistar o público com um design diferenciado e especificações diferentes, mas o mesmo SO. Por falar em design, o Zenwatch é tudo, menos feio, passando a mesma sensação de elegância do Apple Watch quando colocado no pulso.

ASUS Zenwatch 2

Como dissemos em nossa nota de lançamento, há 18 combinações disponíveis para ele. Nós testamos a versão com pulseira de 22 milímetros (relógio de 49 milímetros), dourada e com pulseira de couro. Depois de alguns ajustes para colocá-lo no pulso, ele se mostrou consideravelmente mais confortável do que os modelos que já testamos aqui, como o Galaxy Gear Live da Samsung (que não encaixa direito no punho) e o Moto 360, da Motorola (que é um pouco pesado).

ASUS Zenwatch 2

Ele encaixou de uma forma natural no pulso, passando a sensação de ser realmente um relógio de verdade, algo que poucos fabricantes conseguiram até agora, como é o caso do Pebble original. A experiência de uso do sistema em si não é muito diferente dos dois modelos que mencionamos acima, já que se trata do mesmo Android Wear, então esse “plus” de conforto e elegância é extremamente bem-vindo, destacando-o da multidão.

ASUS Zenwatch 2
ASUS Zenwatch 2

Não podemos negar que ele vai sofrer uma boa concorrência por parte da LG com o Watch Urbane, além de chegar ao mercado com meses de diferença. Ao que tudo indica, ele será anunciado oficialmente na IFA 2015 em Berlim, marcado presença na Computex para criar um buzz, mas ele vem com uma característica em especial que vai fazê-lo especialmente competitivo: é possível usar um “power bank” (ou Zenpower, nas versão da ASUS) desenhado para ele.

ASUS Zenwatch 2

É isso mesmo: há um acessório à parte que pode ser encaixado na parte de baixo do Zenwatch 2 para dar algumas horas a mais de carga. Não é o Zenwatch 2 que resolverá a baixíssima autonomia de bateria dos smartwatches atuais, mas já é um começo, ainda que a solução aqui não seja lá das mais confortáveis quando utilizada. O conector para carregá-lo é, infelizmente, proprietário, algo já esperado considerando o foco no design dado pela ASUS. A vantagem é que é possível carregar o Zenwatch 2 e a bateria extra com o mesmo conector.

ASUS Zenwatch 2

Ainda não temos detalhes da configuração do Zenwatch 2, que deve utilizar alguma variação do Snapdragon, mas a tela permance a mesma, com a mesma tecnologia AMOLED da primeira versão que vimos em Barcelona. Preço? Podemos garantir que ele será mais barato que o Apple Watch (US$ 349). Chutamos que ele custará entre US$ 249 e US$ 299, considerando os US$ 199 da primeira versão.

E você? Ansioso para que o Zenwatch 2 chegue ao Brasil?

*O jornalista viajou a Taipei, Taiwan, a convite da ASUS