Brasileiros desenvolvem dispositivo para o controle da hipoglicemia

Por Redação | 20 de Agosto de 2016 às 12h35

A EasyMedical, companhia brasileira de saúde, desenvolveu uma tecnologia que promete ajudar milhões de pacientes com hipoglicemia em todo o mundo. Através de uma pulseira conectada ao smartphone do usuário, a ideia é que os níveis de glicose sejam monitorados de forma não-invasiva, por sensores em contato com a pele.

Batizado como EasyGlic, o gadget é capaz de detectar a aproximação do estado hipoglicêmico e enviar um alerta para o paciente por meio de um aplicativo, disponível para dispositivos Android e iOS, que mostra os dados coletados. Assim, o usuário pode controlar de forma simples seu estado de saúde e adotar medidas de prevenção.

"Pessoas que sofrem com a hipoglicemia têm medo de andar sozinhas pelas ruas com o risco de passarem mal sem ninguém para socorrê-las, de dormir à noite sem saber se, inconscientes, conseguirão reconhecer precocemente a presença dos sintomas e evitar o coma [...]. Além disso, os casos de reincidência recorrentes de crise hipoglicêmica chegam a quase 40% – mas temos um produto prototipado e testado capaz de evitá-los. São casos de desmaios, delírios, comas que vamos evitar a partir de agora", explicou a companhia.

No momento a pulseira está em fase final de desenvolvimento e com campanha em aberto no Kickante. Para a produção em massa do gadget, a EasyMedical precisa de R$ 500 mil até o dia 29 de agosto. Os interessados podem contribuir com valores a partir de R$ 15, mas para levar um dos dispositivos para casa é necessário desembolsar, pelo menos, R$ 620.

Fonte: Kickante

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.