Oculus VR combate esquema de revenda do Rift DK2 no eBay

Por Redação | 16 de Julho de 2014 às 18h21
photo_camera Reprodução

A Oculus VR anunciou nesta terça-feira (14) que suspenderá o envio de centenas de unidades da segunda versão dos óculos de realidade virtual Oculus Rift. Há muito tempo aguardado, os óculos de segunda geração da companhia recém-adquirida pelo Facebook foram postos a venda num anúncio no eBay.

A atitude, no entanto, desagradou não apenas a empresa como também aos fãs do gadget que o compraram em pré-venda após mais de 24 horas numa fila de espera e há meses esperam por ele. Além disso, o preço pedido pelos espertalhões é um absurdo: US$ 5 mil, muito superior ao valor original de US$ 350.

A ira dos compradores foi tão grande que eles começaram a importunar o vendedor e conseguiram obter dele a informação exata de quando ele adquiriu os óculos na pré-venda. Com a informação em mãos, eles deduraram o vendedor à Oculus VR.

"Não se preocupem, pois com as informações que vocês nos passaram nós pudemos identificar e cancelar o pedido dele", disse um gerente da companhia. Pouco tempo depois, o anúncio no site norte-americano de leilões foi encerrado.

Quem conseguiu adquirir a segunda versão do Oculus Rift enfrentou filas de mais de 24 horas. Tanto sacrifício fez com que eles se revoltassem ao ver unidades do gadget a venda na internet.

Quem conseguiu adquirir a segunda versão do Oculus Rift enfrentou filas de mais de 24 horas. Tanto sacrifício fez com que eles se revoltassem ao ver unidades do gadget a venda na internet. "Quem compra está furando a fila" (Foto: Reprodução)

Segundo o TechCrunch, a atitude foi vista com simpatia pela maioria dos usuários, mas acabou causando um certo alvoroço numa parcela deles. É que alguns compartilharam os detalhes de suas compras para poderem saber a data aproximada de chegada do dispositivo. Com essas informações espalhadas por aí, houve receio de que outros usuários mal intencionados as utilizassem para vender os gadgets ou então furar a fila de espera.

Diante da situação, a Oculus teve que vir a público novamente para esclarecer que é necessário uma grande quantidade de dados para que alguém consiga furar a fila. "Apenas para esclarecer, um único dado não é capaz de fazer com que isso aconteça. Nós executamos nossas investigações com uma série de ferramentas para garantir que falsos positivos não ocorram", disse um dos gerentes da comunidade de serviços da companhia.

Outros anúncios de unidades do Oculus Rift já foram encontrados no eBay anteriormente e em todos os casos a companhia baniu os compradores e cancelou o pedido deles. Embora não haja nenhuma cláusula dos termos de venda da Oculus que proíba o repasse dos gadgets adquiridos em pré-venda, a empresa afirma que pode "cancelar qualquer pedido a qualquer momento antes das unidades serem despachadas". Além do mais, há uma página no site do Oculus Rift que diz que o Rift DK2 é "destinado para desenvolvedores e não usuários finais".

Portanto, fica aí o aviso. Se você é um dos que adquiriu os óculos de realidade virtual e está com ele anunciado em algum desses sites de leilão, talvez seja uma boa ideia cancelá-lo antes que seu pedido vá por água abaixo.

Leia mais sobre o Oculus Rift:

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.