Netflix apresenta interface tridimensional para usuários do Oculus Rift

Por Redação | 22.08.2014 às 08:40

Muito se fala sobre o uso do Oculus Rift para jogos e comunicação, mas e se o acessório também pudesse ser usado para passar a sensação de se estar em um cinema virtual? É algo próximo disso que a Netflix apresentou em seu último Hack Day, mostrando uma interface experimental que utiliza o periférico para controle dos shows a serem assistidos.

De forma bastante semelhante às versões tradicionais, a novidade exibe sugestões e diversas opções de conteúdo a poucos cliques de distância. A diferença é que, aqui, os quadros com cada uma das escolhas preenchem completamente o campo de visão do usuário, que pode se movimentar pelas alternativas movendo a cabeça e usando gestos. O mesmo vale para selecionar o conteúdo.

Uma vez com seu entretenimento escolhido, o utilizador é transportado para uma sala de projeção virtual, na qual pode continuar movimentando a cabeça para observar detalhes da tela. A ideia é replicar a sensação e a imersão de se estar em um cinema, só que sem sair do conforto do sofá e utilizando um dispositivo um tanto quanto pesado preso à cabeça.

A interface é uma criação de um grupo de funcionários da Netflix, que está bastante entusiasmada com o potencial por trás das tecnologias de realidade virtual. É uma excitação que, inclusive, é compartilhada por gente graúda da indústria, como o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, que hoje é o chefão da Oculus VR, fabricante do Rift, e vê sua utilização para mais do que jogos de tiro em primeira pessoa.

Assim como o próprio aparelho, claro, não existe uma data marcada para aplicação da tecnologia junto aos usuários. O Oculus Rift atualmente está na segunda versão de seu kit de desenvolvimento, que já está nas mãos de desenvolvedores de jogos e outras tecnologias que estejam interessados em explorar a plataforma.