Mozilla entra no mercado de streaming com o MatchStick

Por Redação | 01 de Outubro de 2014 às 11h19

O mercado de streaming, tanto de áudio quanto de vídeo — até mesmo de games — está aquecido, principalmente com alternativas de hardware para conexão tão baratas como o Chromecast. E a concorrência deve ficar ainda mais acirrada com a chegada do MatchStick, da Mozilla, que, além de menor preço, promete uma enxurrada de apps para utilizar em conjunto com o produto.

Atualmente, o Chromecast (confira nossa análise), do Google, é um dos dongles mais procurados devido à simplicidade aliada a alta qualidade da transmissão. Tudo isso com precinho de US$ 35 nos Estados Unidos. Aqui sai mais caro, com taxas e impostos, entre R$ 130 e R$ 200. Ainda assim, mais barato que outras opções.

MatchStick

E o MatchStick HDMI vem pra brigar diretamente com a dispositivo do Google. Atualmente em fase de desenvolvimento, o projeto tem hardware e software em código aberto, usa o sistema operacional móvel Firefox OS e está arrecadando fundos no Kickstarter. Lá, é possível adquiri-lo por preços a partir de US$ 12.

Quem colaborar com o desenvolvimento do dongle agora só poderá recebê-lo em fevereiro de 2015, quando há a expectativa de lançamento comercial. Os interessados também poderão comprar o MatchStick a partir desta data, com o valor de US$ 25 no varejo, US$ 10 mais baratos do que o Chromecast.

A entrada da Mozilla nesse negócio vem de um interesse maior do que apenas concorrer nesse nicho. A fundação, conhecida por ser não lucrativa, quer atuar também fora da "briga dos navegadores" de internet e estar mais presente em outras áreas, como a dos smartphones e, agora, do entretenimento doméstico.

MatchStick

Sua entrada no ramo de streaming não chega a ser à altura da competitividade já estabelecida entre Chromecast, Fire TV (Amazon), Apple TV, Roku ou até Wireless Display Adapter, anunciado recentemente pela Microsoft.

Isso porque a Mozilla não oferece ainda conteúdo de parcerias consideradas essenciais para quem busca o streaming via dongles, como Netflix e o Hulu. Então, por que a fundação sem fins lucrativos estaria mirando esse mercado, ainda mais concorrendo com o Google, que também injeta fundos na própria Mozilla?

Para um uso mais amplo, para fins diferentes e, principalmente, com uma quantidade maior de apps. Essa é a resposta do próprio gerente do MatchStick nos Estados Unidos, Jack Chang. Além de uma disputa mais acirrada, os dongles poderiam buscar novos consumidores em outras áreas.

MatchStick

"Devido à abertura que temos na produção do MatchStick, acreditamos que isso vá nos trazer um número grande de aplicativos legais a baixo custo. Essas são vantagens que o consumidor já irá receber prontamente", disse Chang ao CNET.

Os aplicativos serão o grande charme do MatchStick. A Mozilla tem buscado desenvolvedores através de um programa de doação e um evento especial que acontecerá em novembro, quando entregará protótipos do dispositivo para os interessados. Os profissionais envolvidos terão acesso ao kit de desenvolvimento e a interfaces de programação e aplicação, além de suporte.

Os apps já disponíveis para Chromecast 1.0, como o YouTube e Photowall, estarão disponíveis para o MatchStick, assim como os da versão 2.0. A ideia também é ter outras opções, não somente para streaming de vídeo e de áudio, mas também para levar uma experiência mais intensa de internet à TV, como comprar coisas, votar e participar de pesquisas. "As possibilidades são infinitas", diz Chang.

A configuração do dispositivo também ajuda Chang a pensar assim. O MatchStick vem com um processador dual-core Rockchip 3066, com 4 GB de armazenamento, 1 GB de memória DDR3 e suporte a Wi-Fi 802.11 b/g/b.

MatchStick

Ele pode rodar os sistemas operacionais Android, iOS, Firefox e Chrome e ainda ter o hardware melhorado caso o usuário consiga alterá-lo para funcionar com uma configuração ainda mais alta, já que tudo é feito em código aberto.

Ainda é cedo para dizer se o MatchStick realmente será um concorrente à altura do Chromecast ou do Roku, tanto em hardware quanto em conteúdo, ainda mais sem a confirmação de parcerias como a da Netflix. Porém, é bom que os concorrentes fiquem de olho, porque se o uso do dispositivo for amplificado, assim como seu número de aplicativos, pode ser que o aparelho da Mozilla realmente faça alguma diferença no começo do próximo ano.

Atualização: mesmo a 28 dias para o fim da arrecadação do projeto do MatchStick no Kickstarter, a Mozilla já arrecadou bem mais do que precisava para completar o projeto.

Até a tarde desta terça-feira (30), pouco mais de US$ 40 mil dos US$ 100 mil almejados pela fundação haviam sido levantados pelo Kickstarter. Após o anúncio da novidade ter corrido o mundo, o projeto conseguiu a verba, com sobras.

Até o final da tarde desta quarta-feira (1), mais de 6,5 mil apoiadores já haviam arrecadado quantia superior a US$ 161 mil. Se depender de seus seguidores, o MatchStick já é um sucesso.

Fonte: http://www.cnet.com/news/meet-matchstick-mozillas-25-chromecast-alternative/?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+cnet%2FNnTv+%28CNET+River+RSS%29#ftag=CADf328eec

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.