Homem morre em Chicago após pular em rio para resgatar celular

Por Redação | 14 de Janeiro de 2014 às 13h51

Celulares podem ser um objeto de apego material e emocional. Quem nunca sentiu um friozinho na barriga quando não achou o gadget, que atire a primeira pedra. Acontece que muitas vezes acabamos fazendo loucuras pelo aparelho ao ponto de arriscar a própria vida.

Foi este o caso de Ken Hoang, de 26 anos, que é de Minnesota (EUA), mas estava em Chicago nos últimos dias. O rapaz caminhava nesta segunda-feira (13) às margens de um rio, quando, sem querer, deixou seu celular cair nas águas, que estavam a baixíssimas temperaturas. Ele então pulou no rio para resgatar o equipamento.

Segundo a rede americana CBS, após pular, o homem entrou em apuros e então, dois amigos que estavam por perto, um homem de 23 anos, e uma mulher de 21, pularam também no rio para resgatá-lo.

Mergulhadores do corpo de bombeiros foram chamados e conseguiram retirar os dois homens da água. O que perdeu o celular morreu no hospital, enquanto seu amigo está em estado crítico. Já a mulher não foi encontrada até então.

Este não é o primeiro caso de histórias parecidas. Só nos Estados Unidos, no ano passado, um homem morreu em Nova York ao tentar recuperar um celular que havia caído nos trilhos de um trem com destino ao bairro do Bronx. Em outro caso, também em Nova York, um homem foi eletrocutado ao pular nos trilhos de um trem para pegar seu celular.

Quando perder um smartphone ou outro dispositivo, não pense duas vezes: sua vida vale mais.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.