Drone “suspeito” é encontrado no jardim da Casa Branca

Por Redação | 26.01.2015 às 15:40

Uma pequena aeronave não-tripulada foi encontrada nos jardins da Casa Branca na noite deste domingo (25). De acordo com as informações citadas pelo Ars Technica, não existiriam indícios de que a presença do drone seria uma ameaça, já que o presidente Barack Obama e sua família encontram-se atualmente na Índia, em uma visita diplomática de três dias.

Apesar disso, o Serviço Secreto – responsável pela proteção do líder – continua investigando o caso para descobrir a origem da aeronave e por que ela acabou caindo nos jardins da Casa Branca. O espaço aéreo da residência presidencial é restrito para todos os tipos de objetos, desde aviões convencionais até drones, e até mesmo pipas, como forma de evitar possíveis atentados terroristas ou até mesmo protestos realizados a distância.

O mesmo vale, também, para outros edifícios históricos da capital Washington, como o Capitólio, por exemplo. Foi lá, inclusive, que foi registrado o único caso de ameaça terrorista relacionada ao uso de pequenas aeronaves – pelo menos, de acordo com as informações que estão disponíveis para o público. Em 2010, o FBI descobriu um plano terrorista que pretendia anexar explosivos a um aeromodelo, que seria lançado sobre o centro do governo dos EUA.

O caso surge no coração de discussões sobre um possível afrouxamento nas medidas de segurança que protegem o presidente americano. Em meio a discussões entre os dois partidos políticos dos EUA, jornalistas e críticos das autoridades afirmam que muitas das medidas impopulares a setores da população, tomadas por Barack Obama, estariam levando a um desleixo do Serviço Secreto, uma instituição tradicionalmente conservadora, como todo setor ligado às Forças Armadas.