Aprenda a evitar o superaquecimento de smartphones e tablets

Por Redação

Mesmo durante o inverno, o calor no Brasil não dá trégua. As temperaturas continuam altas e, em algumas regiões do país, chegam a ser semelhantes às do verão. Se nós nos incomodamos com tanto calor, imagine então o que não acontece com os aparelhos eletrônicos: o calor pode afetar e danificar celulares e tablets, o que exige alguns cuidados para remediar esses riscos.

A primeira precaução que deve ser adotada caso a temperatura esteja muito alta é não deixar seu dispositivo móvel em carros fechados, expostos diretamente ao sol ou sobre superfícies que aquecem muito, como as metálicas. Neste caso o cristal líquido das telas de LCD podem “vazar” e deixar pontos pretos no visor. A bateria também fica prejudicada, podendo descarregar e até mesmo ter sua vida útil reduzida.

Com a temperatura muito elevada, a superfície plástica que reveste alguns aparelhos pode ficar comprometida e enrugar ou até mesmo entortar a tampa traseira. Em um exemplo extremo, o celular pode inclusive parar de funcionar se a solda da placa mãe for rompida.

Outro cuidado que pode evitar danos aos aparelhos é ligar o Wi-Fi, 3G e GPS apenas quando for usar esses recursos. Se ficarem sempre ligados eles podem aquecer o dispositivo, uma vez que aumentam a atividade do processador e das antenas.

Quando a temperatura estiver muito alta, evite utilizar recursos do seu smartphone ou tablet que exijam muito do aparelho como, por exemplo, jogos. Eles sobrecarregam o processador e podem ajudar no superaquecimento do aparelho.

Mas e se acaso seu gadget já estiver exposto a um superaquecimento, o que fazer? Algumas dicas também podem ajudar a recuperar o aparelho:

  • Desligue-o imediatamente.
  • Busque deixar o aparelho em um ambiente mais ameno, mas nunca tome medidas extremas, como colocá-lo dentro da geladeira. Neste caso o choque térmico pode piorar a situação e danificar permanentemente o aparelho.
  • Caso o smartphone tenha uma bateria removível, o indicado é tirá-la do compartimento. Em celulares antigos ela pode inchar se o aparelho ficar exposto por muito tempo. Neste caso é necessário trocar a bateria. Em dispositivos mais novos o risco de inchar é menor, mas é melhor evitar os outros problemas causados pelo aquecimento do aparelho.
Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.