Após acidente na Casa Branca, fabricante de drones bloqueará voos em Washington

Por Redação | 29 de Janeiro de 2015 às 08h17

Um drone caiu nos jardins da Casa Branca no último domingo (25) e fez o seu fabricante, a DJI, repensar sobre o voo das aeronaves não tripuladas nos arredores de Washington.

Segundo o Mashable, a DJI disse que lançará uma atualização de firmware que identificará quando o gadget estiver sobrevoando a capital norte-americana e os impeça de continuar operando por lá.

A atualização deverá ser lançada nos próximos dias para os modelos Phantom 2, Phantom 2 Vision e Phantom 2 Vision+. A empresa ainda afirma que irá pedir uma zona de exclusão da área central de Washington que se estende por mais de 25 quilômetros.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Ainda não foi informado como funcionará a tecnologia, mas é provável que o veículo utilize o GPS para identificar onde está e, caso esteja sobrevoando a área proibida, desativará o drone.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.