Após acidente na Casa Branca, fabricante de drones bloqueará voos em Washington

Por Redação | 29 de Janeiro de 2015 às 08h17

Um drone caiu nos jardins da Casa Branca no último domingo (25) e fez o seu fabricante, a DJI, repensar sobre o voo das aeronaves não tripuladas nos arredores de Washington.

Segundo o Mashable, a DJI disse que lançará uma atualização de firmware que identificará quando o gadget estiver sobrevoando a capital norte-americana e os impeça de continuar operando por lá.

A atualização deverá ser lançada nos próximos dias para os modelos Phantom 2, Phantom 2 Vision e Phantom 2 Vision+. A empresa ainda afirma que irá pedir uma zona de exclusão da área central de Washington que se estende por mais de 25 quilômetros.

Ainda não foi informado como funcionará a tecnologia, mas é provável que o veículo utilize o GPS para identificar onde está e, caso esteja sobrevoando a área proibida, desativará o drone.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.