Agora você pode saber como é estar no corpo de outra pessoa usando o Oculus Rift

Por Redação | 28 de Janeiro de 2014 às 18h31
photo_camera Divulgação

Depois que o Oculus Rift foi anunciado, uma coisa ficou certa: a realidade virtual veio mesmo para ficar. Através de um simples acessório, somos capazes de entrar em um ambiente virtual e experimentar bem de perto sensações que antes nos limitavam a um monitor ou TV. Mas na última semana os óculus ganharam novidades diferentes de tudo o que você já viu.

A primeira delas é uma instalação artística chamada "The Machine to be Another" ("A Máquina de Ser Outro", na tradução livre) que faz uma "troca de corpos" entre os usuários. Duas pessoas equipadas com o Oculus Rift, sendo um homem e uma mulher, sentem como é estar na pele do sexo oposto ao sincronizar movimentos em diferentes ações, como tirar os sapatos, erguer os braços ou passar a mão na barriga.

Cada um sente o próprio corpo ao realizar esses gestos, mas enxerga a silhueta da outra pessoa o tempo todo. O resultado parece ser engraçado e bastante curioso, já que os movimentos são feitos simultaneamente entre os indivíduos e fazendo com que eles pensem que são o outro. Se você é baixo(a) e magro(a), pense em como seria interessante se você tivesse a oportunidade de saber como seria se fosse maior ou mais gordo.

No final do vídeo, os participantes ficam quase despidos para explorar outras partes do corpo. Mas claro, nada pornográfico ou explícito.

Gender Swap - Experiment with The Machine to Be Another from BeAnotherLab on Vimeo.

A segunda novidade é que o Oculus Rift agora está sendo usado também pela Marinha dos Estados Unidos. Em foto publicada no Flickr do órgão norte-americano, um soldado aparece utilizando o gadget para controlar um sistema do Projeto BlueShark, uma iniciativa ambiciosa do Escritório de Pesquisas Navais que testa maneiras futuristas para demonstrar como as operações tecnológicas serão daqui a dez anos.

O usuário controla um painel sensível ao toque com um par de luvas especiais enquanto visualiza pelo Rift o progresso de suas ações – quem está do lado de fora também pode acompanhar as atividades por três monitores. Vale lembrar que o Oculus Rift não é o único óculos de realidade virtual presente no projeto: como informa o The Verge, há um outro modelo chamado Wide5HMD, desenvolvido pela empresa Fakespace Labs.

Imagina jogar batalha naval ou campo minado em um brinquedo desses...

Realidade Virtual
Realidade Virtual
Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.