Review Redmi AirDots 3 | Pequeno no preço, gigante no áudio

Review Redmi AirDots 3 | Pequeno no preço, gigante no áudio

Por Rudy Caro | Editado por Wallace Moté | 02 de Junho de 2021 às 17h00
Ivo/Canaltech

A Xiaomi é uma caixinha laranja sempre cheia de muitas boas surpresas, trazendo upgrades muito bem-vindos aos produtos mais queridos pelos fãs da empresa do grão de arroz.

Um case de sucesso indiscutível são os Redmi AirDots, que inundaram o mercado de fones de ouvido true wireless com uma alternativa muito acessível e com ótima qualidade de áudio para quem está começando a explorar este maravilhoso mundo das cabeças livres de fios pendurados.

O Redmi Airdots 3 foi lançado com a promessa de entregar mais bateria, graves, volume e recursos ao pequeno par de fones sem elevar muito o preço inicial da linha, e nestes módicos parágrafos a seguir eu lhe contarei tudo sobre a evolução muito bem acertada do Redmi Airdots 3 em relação aos seus antecessores.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Imagem: Ivo/Canaltech
(Imagem:Ivo/Canaltech)

Prós:

  • Sensor de proximidade, inédito na linha Airdots:
  • Graves mais acentuados;

Contras:

  • Design já antiquado;
  • Ausência de audio hifi;
  • Volume máximo abaixo da média;
  • Preços confusos entre loja oficial e varejo.

Design e construção

Como nas gerações anteriores, o Redmi Airdots mantém a mesma fórmula de sucesso: case em formato oval, com ímã na tampa para manter a case sempre fechada, base achatada sem a possibilidade de realizar carregamento sem fio e um botão interno que tem a função de iniciar o pareamento dos fones com diversos dispositivos.

O Redmi Airdots 3 é todo feito em policarbonato com o que chamamos de “soft touch” em seu plástico, tornando a case mais premium e refinada do que nos anos anteriores, e agora contando com mais uma opção de cor: este fofinho e agradável rosa “roupinha de bebê”.

Os fones em si também recebem o mesmo tratamento em plástico com toque macio, e mantém a mesma idéia dos modelos anteriores: superfície superior sensível ao toque, com os clássicos gestos de pausar, reproduzir, avançar ou retroceder músicas e com a possibilidade de atender ou recusar chamadas direto dos Airdots, sem precisar tirar o smartphone do bolso.

Na parte que fica próxima aos ouvidos, os Airdots 3 ganharam um muito bem vindo sensor de proximidade, que fica logo acima dos pads de conexão e carregamento dos fones, e que permite ao usuário pausar uma música ou vídeo ao tirar um dos lados do fone do ouvido, um recurso geralmente encontrado em fones bem mais caros.

E para você que não dispensa uma boa qualidade de áudio na hora das chamadas e mensagens de voz via WhatsApp, o Redmi Airdots 3 possui dois microfones dedicados em cada lado, sendo um deles para a captura da sua voz e outro para redução de ruídos, o que vai te proporcionar chamadas de voz e áudios gravados bastante nítidos e limpos, além de ajudar a isolar você do mundo real enquanto estiver curtindo suas músicas e vídeos.

(Imagem: Ivo/Canaltech)

Qualidade do áudio

Agora vamos ao que interessa: Como os Redmi Airdots 3 soam nos ouvidos?

Após um uso intenso de Spotify, Tidal no plano Master e filmes streamados pelo Netflix, o Redmi Airdots 3 surpreendeu quando o comparamos com os modelos anteriores, mas não podemos esperar milagres de um fone de baixo custo. Portanto, temos uma experiência bem equilibrada, com graves que são mais presentes que nos modelos anteriores mas ainda não impressionam, médios que são bem evidentes e dominam 50% da assinatura de som destes pequenos fones, o que causa uma impressão de áudio claro e limpo, e agudos bem tímidos em frequências que englobam pratos de bateria, flautas, violinos e sintetizadores, o que pode sacrificar aquele “brilho” a mais em estilos como o Metal, Jazz, Música Clássica e Folk, por exemplo.

Pra você, amante dos graves que chacoalham a cabeça, o Redmi Airdots pode ser frustrante, mas para quem busca um áudio mais limpo e equilibrado, ele certamente se torna uma excelente opção, principalmente por contar com o novo codec Bluetooth Qualcomm APTX Adaptive, que busca entregar latência baixa em jogos e músicas sendo reproduzidas com mais riqueza de detalhes.

O conjunto de recursos vindos de fones mais premium, áudio equilibrado e bateria que dá conta do recado e não te deixa na mão para mim são pontos importantíssimos para um fone TWS, e o Airdots 3 não decepciona em nenhum deles.

O único ponto negativo que devemos ressaltar é o volume máximo dos Redmi Airdots 3, que mesmo pareados com um OnePlus 9 Pro ou mesmo com um iPhone 11 Pro Max, não conseguiram “empurrar” um áudio em volumes altos o suficiente para cobrir uma avenida movimentada ou o barulho de obras na frente da minha casa enquanto escrevo esta análise, o que pode ser um transtorno para quem pretende usar o Redmi Airdots 3 em locais barulhentos demais.

Bateria e conectividade

O Redmi Airdots 3 se conecta de forma fácil ao seu smartphone, sendo descoberto via Bluetooth na primeira vez que você os conecta ao seu smartphone, tablet, notebook ou PC com Bluetooth, e ainda conta com um esperto botãozinho na case para resetar o pareamento e preparar os fones para serem conectados a um segundo ou terceiro dispositivo compatível. Eu pessoalmente usei ele no meu smartphone Oneplus 9 Pro, em um Macbook Pro e na minha TV, e tudo funcionou perfeitamente, sem cortes ou conexão picotada.

Para a nossa total surpresa, a Xiaomi conseguiu espremer bem mais bateria em tão pouco espaço (tanto na case, que ficou ligeiramente maior e mais pesada, quanto nos próprios fones), o que mostra um belo avanço nas células de bateria dedicadas aos gadgets pequenos.

Em tese, a Xiaomi promete 16 horas de reprodução contínua de áudio com uma única carga dos Airdots 3 em sua case, mas nos nossos testes, conseguimos uma média entre 21 e 30 horas de reprodução de música de forma total, usando toda a carga disponível no estojo e conseguindo carregar os Airdots 3 duas vezes e meia ao longo do processo.

Os resultados variam bastante entre dias com streaming HiFi no Tidal, e com volume máximo (o que consome muito mais bateria) e momentos mais casuais de YouTube, Spotify e Netflix, com bem mais autonomia de bateria, com picos de 7 a 9 horas de reprodução antes dos fones pedirem socorro para o estojo de carregamento.

(Imagem: Ivo/Canaltech)

É uma evolução muito significativa diante das gerações passadas, e faz bonito mesmo contra fones TWS que custam até 4x mais do que os Redmi AirDots 3.

Ficha técnica

  • Impedância: 16 Ohms;
  • Resposta de Frequência: 20hz - 20.000hz;
  • Peso: 5g por fone de ouvido, Case: Aproximadamente 51g;
  • Dimensões: 26,65 × 16,4 × 21,6 mm;
  • Conexão - USB C;
  • Perfis suportados de som: HSP, HFP, A2DP e AVRCP;
  • Bateria: 45mah por fone de ouvido, 600mah no estojo de carregamento;
  • Bluetooth: 5.2 (Chip: QCC3040);
  • Certificação: IPX4.

Acessórios

  • Estojo de carregamento;
  • Cabo USB C;
  • Três pares de ponteiras de silicone.

Concorrentes diretos

Entre os fones que tentam conquistar o seu coração e que estão na mesma faixa de preço dos Redmi Airdots 3,você pode encontrar outras excelentes opções, como os próprios Redmi Airdots 2 SE (geração anterior da própria linha), o Edifier X3, o True Wireless JBL e o Blitzwolf FYE 9, que oferecem recursos semelhantes aos dos Airdots 3 nesta mesma categoria de fones de ouvido sem fio.

(Imagem: Ivo/Canaltech)

Conclusão

Agora que você já sabe tudo sobre o Redmi Airdots 3, é fácil entender em qual tipo de público ele se encaixa, principalmente se você procura o seu primeiro fone de ouvido True Wireless ou quer um substituto de peso para aqueles fones genéricos de marcas desconhecidas que você acha aos montes em sites chineses ou em varejos online, por exemplo.

A Xiaomi deu total liberdade para a sua subsidiária Redmi, e ela aposta alto em produtos de muita qualidade e que cabem no bolso do consumidor (principalmente no do Brasileiro), garantindo uma baita experiência positiva com estes pequenos monstrinhos aqui, mantendo a competição acirrada nesse intenso mercado de fones de ouvido sem fio e entregando ao consumidor mais uma escolha com áudio equilibrado e custo x benefício imbatível nessa faixa de preço.

Se você ficou interessado pelos Redmi Airdots 3 e tá afim de levar ele pra casa, vale muito a pena conferir a nossa seleção com os melhores preços deste produto no mercado, usando este link.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.