Após explosão de fones Beats, mulher tem rosto queimado e Apple nega reembolso

Por Redação | 19 de Maio de 2017 às 19h03

Em fevereiro deste ano, uma mulher, que deseja permanecer anônima, estava cochilando em um voo de Pequim para Melbourne, quando foi acordada pelo som de uma explosão e queimaduras em seu rosto. É isso mesmo, seus fones Beats, marca pertencente à Apple, haviam explodido.

Diante do ocorrido, a australiana procurou a Maçã para pedir reembolso, já que seu rosto, mãos, cabelos e pertences foram afetados. Após a análise do caso, nesta sexta-feira (19) a gigante de Cupertino se pronunciou, afirmando que não pode fazer nada. "Nossa investigação indicou que a questão foi causada por pilhas de terceiros", disse um representante da Apple em comunicado.

Mulher teve rosto queimado após explosão de fones Beats

Com a decisão, a mulher demonstrou descontentamento com a gigante de Cupertino. "Os fones de ouvido não funcionam sem pilhas, mas em nenhum lugar nos fones de ouvido — ou em suas embalagens — há especificação sobre qual marca de pilhas deve ser usada", desabafou.

E você, acha que a Apple deveria dar assistência à vítima? Conte para a gente nos comentários!

Fonte: News.com.au