AirPods podem se tornar terceiro maior produto da Apple até 2021

Por Felipe Demartini | 26 de Dezembro de 2019 às 08h15
Tudo sobre

Saiba tudo sobre AirPods Pro

Ficha técnica

Os AirPods podem se tornar o terceiro maior produto da Apple até o final de 2021, caso continuem com o atual ritmo de crescimento nas vendas em todo o mundo. A previsão é do analista de mercado Toni Sacconaghi, da consultoria Bernstein, que cita o movimento explosivo dos fones de ouvido. No ano que vem, eles devem mais do que dobrar o faturamento de US$ 6 bilhões que deve ser obtido ao final de 2019.

A expectativa do especialista para 2020 é que as vendas dos AirPods cheguem à marca dos US$ 15 bilhões e, em 2021, novamente, a ideia é que uma cifra mais do que 100% maior do que a anterior seja obtida. Sendo assim, os fones ficarão atrás apenas dos iPhones e iPads na lista dos produtos mais fortes da Apple, desbancando até mesmo os computadores e outros dispositivos com mais tradição nas prateleiras.

A expectativa do analista da Bernstein se encaixa com a de outras consultorias de renome do mercado americano, como a Wedbush Securities, que também vê os AirPods se tornando uma potência dentro da Apple. Mais especificamente, o sucesso deve alavancar a divisão de dispositivos vestíveis, acessórios e aparelhos para casa, da qual os fones de ouvido sem fio fazem parte e, juntamente com o Apple Watch, deve se tornar um dos segmentos mais lucrativos e acelerados da companhia de Cupertino.

Hoje, as três maiores divisões da Apple são, respectivamente, a do iPhone, iPad e Mac, este que deve ser deixada para trás em breve caso o bom momento das tecnologias vestíveis continue. No panorama geral, ela cresceu mais de 50% em 2018, em relação a 2017, e a expectativa é que esse total mais do que seja alcançado ao final de 2019. Três milhões de AirPods vendidos apenas na Black Friday e Cyber Monday, por exemplo, são um grande indicativo disso.

A própria Apple também está ciente disso e estaria intensificando o ritmo de fabricação dos AirPods Pro, a mais recente versão dos fones de ouvido, que vêm performando bem nas prateleiras. A ideia é que 60 milhões de unidades de todas as versões do acessório tenham chegado às lojas em 2019, com analistas apontando para uma possibilidade de que esse total chegue a mais de 100 milhões no ano que vem.

A Mação, entretanto, se mantém calada quanto a números com esse nível de especificidade, com tudo o que temos para avaliar com certeza sendo as palavras do CEO da empresa, Tim Cook, afirmando que as vendas dos AirPods continuam a atingir “novas alturas” a cada novo relatório fiscal. Com o sucesso da temporada de vendas deste final de ano, a ideia é que altitudes ainda maiores sejam alcançadas.

Fonte: Business Insider

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Ofertas AirPods Pro