Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Warner Play reforça seu espaço com fãs na gamescom latam 2024

Por| Editado por Claudio Yuge | 04 de Julho de 2024 às 12h11

Link copiado!

Warner Play/Divulgação
Warner Play/Divulgação

A gamescom latam 2024 aconteceun no último final de semana em São Paulo, com todos os dias esgotados, confirmando uma nova edição para 2025. Durante a passagem do Canaltech, a visita ao estande da Warner Play não poderia faltar. A marca decidiu trazer três dos seus games mais recentes para que o público tivesse uma experiência única no evento. Foram eles: Mortal Kombat 1, Multiversus e Hogwarts Legacy.

Para entender melhor a proposta da Warner Play, conversamos com Ismael Crivelli, Diretor de Marca e Estratégia de Produtos da Warner Bros. Games no Brasil. Ele começa falando que acredita que a presença da marca na gamescom latam 2024 é completamente estratégica, por ser a primeira edição no Brasil, e a estreia de um conceito novo da Warner no evento.

Experiência única para gamers

Continua após a publicidade

Crivelli explica que a Warner chega com uma experiência que converse diretamente com o fã. A chegada na gamescom latam 2024 com o nome Warner Play Experience é pra dar aquele gostinho ao público que curte os games da marca, mas, além disso, para ter um contato direto com criadores de conteúdo e parceiros.

“A ideia é trazer tudo isso num pacote. Por isso, no nosso estande da Warner Play Experience, a gente tem três estações de gameplay. Tem o Multiversus, Hogwarts Legacy e Mortal Kombat 1. Mas a gente também tem um palco aqui, com atividades todos os dias, seis horas diretas de ativação, onde os fãs podem entrar em contato e conhecer nossos hosts do canal, criadores de conteúdo e dubladores dos games. Tem bastante atividade diferente para poder interagir, então a nossa ideia pra essa gamescom latam foi trazer essa experiência.”

Como um dos carros-chefe da Warner Play no evento está sendo Mortal Kombat, Ismael Crivelli conta ao Canaltech que há um trabalho bem árduo em relação à comunidade do jogo, afinal MK tem uma fanbase muito fiel e que faz questão de acompanhar todos os lançamentos relacionados ao game.

Investimento em equipes de fighting games

Um dos fortes investimentos da marca é o foco no competitivo de fighting games. Esse trabalho começou em 2017, com o jogoInjustice, mas o foco agora se voltou para Mortal Kombat. Grandioso, o projeto está revelado novos talentos: um exemplo disso foi a recente Liga Latina, que trouxe inúmeros jogadores para o cenário competitivo e segue reforçando o cenário, trazendo retornos para a Warner.

Além desses pontos, Crivelli revela o incentivo da Warner Play para que os jogadores criem suas próprias competições. Para isso, o trabalho é feito ao lado de criadores de conteúdos de Mortal Kombat, por exemplo, reforçando ainda mais que qualquer pessoa pode fazer parte da comunidade dentro do jogo.

Continua após a publicidade
“Então hoje, muitos dos jogadores proplayers tem canal no YouTube. Eles fazem live, eles jogam com inscritos e gravam outras pessoas jogando. Então é uma comunidade que é muito acolhedora. E a gente tenta trazer isso pra dentro de casa. Então, a Warner Play também trabalha esses conteúdos de colaboração dos jogadores. A gente traz eles para fazer tutorial, para ensinar como que joga.”

Crivelli reforça que essa ideia tem sido fortemente trabalhada dentro dessa comunidade. A Warner Play fez questão de exibir os torneios de criadores de conteúdo de parceiros, mostrando que há lugar para todos dentro dos competitivos.

Para ele, esse trabalho é bem fácil de ser mensurado, pois o trabalho em conjunto trouxe a popularidade para muitos jogadores, alguns até mesmo virando celebridades dentro do meio de eSports. Um exemplo disso foi Zeus, que foi campeão da Liga Latina com apenas 18 anos, idade mínima para fazer parte dos campeonatos.

Falando sobre os brasileiros que estão se arriscando cada vez mais nos campeonatos da Warner, Ismael afirma que fica empolgado ao ver isso, que dá pra ver como isso mudou e tem beneficiado o Brasil em relação aos seus competidores:

Continua após a publicidade
“Quando a gente começou, lá atrás, quase não tinham equipes e orgs [organizações] de fighting games. Hoje em dia tem várias. E isso é muito importante. Então eu acho que isso é interessante pra que as marcas endêmicas e não endêmicas, que investem nesse ecossistema entendam que tem um potencial gigante no Brasil, pra eles começarem a investir nesses jogadores, pra eles começarem a investir nessas equipes. Tem muito espaço ainda para o crescimento.”

Além disso, tem sido possível notar como a Warner vem recompensando o público com todo esse carinho que os fãs brasileiros têm. Sobre isso, Crivelli fala que a empresa também busca abraçar o público, já que faz questão de entender o lado dos fãs. Seja mexer com a nostalgia, seja direcionar conteúdos ou trazer algo que quem consome vai abraçar de fato.

“E nós, como os representantes da marca e atuando no marketing aqui no Brasil, a gente tem quase que o dever moral [risos] de devolver um pouco o carinho e o amor pra comunidade. A gente senta pra justamente fomentar e devolver pra comunidade as coisas que eles já estão fazendo há 30 anos. Essa construção e o amor da marca surge justamente da comunidade. Então eu, como parte da marca, tenho que identificar, pensar como que eu faço isso, como que eu construo algo relevante pra comunidade, pra entregar algo pra eles. Então esse é o trabalho que a gente tem feito aqui.”
Continua após a publicidade

Novos personagens em Multiversus

Por fim, Ismael Crivelli falou ao Canaltech sobre a chegada de dois personagens no retorno de Multiversus: o Guarda Banana e o Coringa. Ele adianta para os fãs apaixonados pelo game que cada um dos personagens que chega no jogo é pensado de forma a ter easter eggs e poderes de cada universo de origem. Por isso, para quem é fã, a experiência vai ser bem bacana.

Até porque cada um dos personagens vai estar cheio de referências, o que pode deixar o público ainda mais animado com tudo o que Multiversus tem para entregar. E isso tudo vai desde as animações do golpe até as frases que são ditas. E Crivelli ainda entregou que o terceiro personagem a ser incluído em Multiversus será o Agente Smith, de Matrix.

“Daqui a pouquinho vai vir o Agente Smith, de Matrix. Ele vem nessa temporada, ele é o terceiro personagem que vai sair nessa temporada. E com certeza vai ser um festival de referência pra quem é fã de Matrix.”
Continua após a publicidade

A gamescom latam 2024 chega ao final neste domingo (30), mas já tem datas confirmadas para 2025. O evento no próximo ano acontece do dia 30 de abril até 4 de maio.