Visa realizará 2º Everywhere Initiative para desafiar startups de tecnologia

Por Redação | 03.05.2016 às 12:48

A Visa anunciou o lançamento da segunda edição do evento Everywhere Initiative, que irá colocar várias startups frente a frente para resolverem desafios de negócios e terem a oportunidade de faturar investimentos e suporte para o desenvolvimento de ideias e soluções. A iniciativa da Visa deve chegar neste ano a vários países e com um aumento considerável no número de startups participantes.

Durante o Everywhere Initiative, as startups serão desafiadas a resolverem três problemas apresentados pela Visa. Os dois primeiros desafios serão voltados a soluções de marketing da empresa, a primeira sendo relacionada aos eventos patrocinados pela Visa e o segundo à soluções de pagamentos por meio de cartões de crédito. Já no terceiro desafio, as empresas devem utilizar o Visa Developer, a nova plataforma de API da empresa, para melhorar a experiência de e-commerce para os clientes, seja desenvolvendo uma solução dentro de um aplicativo já existente ou por meio de um novo app.

A expectativa da Visa é que o desafio deste ano ajude a fazer com que mais empresas e startups de tecnologia passem a utilizar suas soluções de API. Lançado em fevereiro deste ano, o Visa Developer tem sido utilizado por várias empresas do setor financeiro, mas a empresa espera que o Everywhere Initiative possa despertar o interesse de empresas de tecnologia, incentivando startups a experimentarem os serviços.

O vencedor de cada um dos desafios durante o Everywhere Initiative receberá US$ 50.000 e um ano de suporte da Visa para ajudar na execução da ideia. Além disso, os vencedores da primeira edição do evento, que aconteceu no ano passado, receberão investimentos financeiros no valor de US$ 20 milhões.

Shiv Singh, vice-presidente sênior da Visa, afirma que o desafio é uma "forma agressiva" de engajar as startups e ampliar a base de desenvolvedores para ajudar a Visa a construir relacionamentos e oferecer investimentos a startups inovadoras. A estratégia também pode ajudar a empresa de serviços financeiros a ganhar vantagem no setor de pagamentos online e por meio de dispositivos móveis.

Fonte: Business Insider