Rio 2016: seguranças furtam notebooks e são presos em flagrante

Por Redação | 04 de Julho de 2016 às 20h22

A preparação para os Jogos Olímpicos está repleta de desafios: Na última quarta-feira (29), três seguranças e um bombeiro civil, contratados para vigiar a arena olímpica, foram presos em flagrante por tentarem furtar nove notebooks no Centro Nacional de Tiro Esportivo do Complexo de Deodoro.

A denúncia ocorreu após um dos colaboradores da arena sentir falta dos equipamentos. Ao acionar a Polícia Militar, seis dos notebooks foram descobertos nas mochilas dos seguranças, e os outros três em suas residências. Todo o material foi encontrado e devolvido aos responsáveis.

Os seguranças, que já estão detidos, são funcionários de uma empresa terceirizada: Luis Cláudio Esteves da Silva, de 33 anos; Marcello Rodrigues Medeiros da Silva, de 21 anos; Wallace Anderson Oliveira de Souza, de 23 anos; e Adonis Raphael Feld, de 27 anos.

De acordo com o Comitê Rio-2016, este é um caso de polícia de dimensão pequena, destacando que a Força Nacional de segurança começará a operar nesta terça-feira (5) em todas as instalações esportivas. De qualquer maneira, aparentemente os furtos não compõem uma situação isolada.

Para quem não sabe, dois dias antes do caso, as emissoras de televisão alemãs ARD e ZDF também foram roubadas no Rio de Janeiro. Na ocasião, os bandidos levaram equipamentos avaliados em R$ 1,5 milhão, todos recuperados pela polícia.

Fonte: O Globo

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.