Como melhorar sua estratégia de venda mobile

Por Stephanie Kohn | 09 de Agosto de 2018 às 16h50
photo_camera Canaltech

Para Marcelo Zeferino, gerente de produtos do Peixe Urbano, não há uma única plataforma a ser priorizada quando o assunto é estratégia de vendas em canais móveis. “Cada canal tem características diferentes e leva ao usuário uma experiência diferente. Temos que olhar para todos para não perder boas oportunidades. Priorizar um só canal é perder algo importante”, comentou durante palestra no MAMA, evento de marketing mobile.

No Peixe Urbano, 65% das vendas ocorrem no mobile, que se dividem entre website, aplicativo e mobile site. Com um volume alto, a empresa consegue fazer bons comparativos entre as plataformas. No website, por exemplo, as conversões são melhores e as compras têm um ticket maior. Já no aplicativo eles têm quatro vezes mais sessões, o número de compra por usuário é 19 vezes maior e há um melhor engajamento devido as notificações push. No Mobile Site, por sua vez, há pior conversão e sessões mais curtas, mais ainda é um canal popular entre os clientes e, portanto, não pode ser esquecido.

“Nem sempre o que funciona para um é bom para outro, e todos acabam se complementando” comentou Marcelo.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Ominichannel X Multichannel

Muito se fala sobre estratégias omni e multichannel, mas qual é a diferença? Marcelo explica que multichannel são diversos canais disponíveis ao usuário, mas não integrados, enquanto que omnichannel são vários canais disponíveis e completamente integrados. “No ominchannel, se a pessoa favorita o site no desktop, quando ele abrir o Mobile Site também vai estar lá”, disse.

Neste cenário, uma visita em uma loja física pode gerar um push baseado em geolocalização e que posteriormente pode ser complementado com um email otimizado por visitas. Essas ações combinadas e usando diversos canais integrados culminam em vendas. Outra possibilidade é clientes que abandonaram o carrinho no app, website ou mobile site serem impactados pelo call center. “Neste caso sempre incentivamos os atendentes a ligarem para abandonos com ticket alto, como viagens, por exemplo”, ressaltou.

No geral, o gerente de produtos do Peixe Urbano lembra que a melhor estratégia hoje é estar em todos os canais disponíveis e em todos os momentos. "Os usuários prezam por ter opções de acesso e personalização nas ofertas. Pensar em ações integradas e aproveitar o melhor de cada canal é essencial, assim como colocar o usuário no centro", finalizou.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.