Rio 2016 tem sua infraestrutura de telecom revelada

Por Redação | 09 de Junho de 2016 às 09h39

A América Móvil, que comanda as empresas Claro, Embratel e NET, acaba de revelar como será a infraestrutura que preparou para dar suporte aos Jogos Olímpicos deste ano. De acordo com o grupo, será utilizada toda a infraestrutura de suas comandadas instalada no país, incluindo os mais de 181 mil quilômetros de cabos ópticos, 17 mil quilômetros de cabos submarinos, 17 mil ERBs (Estações Rádio Base de Telefonia Móvel), 8 satélites em órbita e 5 data centers.

Quanto às instalações construídas especificamente para atender a Rio 2016, o grupo informou que elas têm porte e tecnologia compatíveis com a complexidade do evento esportivo, e que foram criadas a partir da experiência da América Móvil em grandes eventos esportivos que já foram atendidos pela Embratel. Por exemplo, a base de telecomunicações da Rio 2016 será o Backbone Olímpico Embratel - rede com mais de 370 km de fibras ópticas que garante alta disponibilidade na transmissão de dados dos jogos.

Já a rede olímpica terá velocidade de 40 Gbps, conectando mais de 60 mil pontos de acesso que serão distribuídos em mais de cem locais relacionados ao evento. A Embratel também fornecerá a rede de fibra óptica que servirá para captar os sinais de vídeo das competições das Olimpíadas, entregando-os ao centro de transmissão IBC (International Broadcast Centre), local de onde serão distribuídas imagens para aproximadamente 5 bilhões de telespectadores em pelo menos 200 países.

Sob a responsabilidade do Technology Operational Center (TOC) ficará a gestão da rede e dos serviços oferecidos, centro este que foi projetado para funcionar ininterruptamente durante a realização do evento, e cerca de 3 mil profissionais da Claro, Embratel e NET trabalharão nos Jogos - sendo 50% dessa equipe de forma dedicada.

Quanto à cobertura da rede móvel da Claro, o Grupo instalou 97 novas estações de transmissão 3G e 4G, que deverão suportar o aumento do uso de celulares na ocasião. A companhia ainda oferecerá mais 20 mil linhas de telefonia móvel para atender os participantes da organização do evento esportivo aqui no Brasil. Já a NET disponibilizará 12 mil pontos de TV por assinatura, 10 mil linhas de telefonia fixa e 8 mil pontos de Wi-Fi devidamente espalhados pela cidade.

Fonte: IT Forum