TI brasileira marca presença na CeBIT pelo 16° ano consecutivo

Por Redação | 12 de Março de 2015 às 17h52

Argotechno, Artit, Ativa Soluções, Datacom, Ixia, Prefeitura de Campinas, RGT e Tajo Tecnologia são as sete integrantes da delegação brasileira que participará da CeBIT, uma das maiores exposições de telecomunicações e Tecnologia da Informação. A feira acontece entre os dias 16 e 20 deste mês, em Hanover, na Alemanha.

“Além de fomentar negócios e parcerias para as nossas companhias, a nossa participação constante na mostra tem nos ajudado a reforçar o conceito do Brasil como um provedor de tecnologias avançadas, inovadoras e de alcance global nos mais diversos segmentos. Empresas interessadas em expandir seus negócios para além das fronteiras nacionais têm na CeBIT uma oportunidade única para fazer novos contatos, conhecer de perto as principais tendências e as inovações do segmento em que atuam e ainda observar as iniciativas dos principais players”, destaca Ruben Delgado, presidente da Softex.

A presença nacional na mostra pelo 16° ano consecutivo é mais uma iniciativa do projeto de promoção de exportações do setor de software e serviços de TI, desenvolvido em parceria pela Softex com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). O portfolio nacional inclui aplicações para meios de pagamento, telemetria, ferramentas para o desenvolvimento de minicursos em plataforma móvel, intelichat (virtualização do atendimento a consumidores) e switches ethernet.

Especializada em meios de pagamento, a Argotechno comparece à CeBIT pela terceira vez. “Já prestamos serviços para clientes na Europa, nos Estados Unidos e na América do Sul. A nossa experiência em atuar em um mercado financeiro tão maduro e desenvolvido como o do Brasil nos credencia a levar as nossas soluções de suporte, desenvolvimento de sistemas, implantação de novas tecnologias (mobile) e de certificação para qualquer lugar do mundo. Estamos identificando clientes potenciais na Europa e queremos aproveitar a CeBIT para dar continuidade às negociações”, explica Alex Gama dos Santos, chief financial officer (CFO) da Argotechno.

Desenvolvedora de soluções Web para gestão e treinamento, a RGT esteve pela primeira vez na CeBIT em 2012, no estande brasileiro de pesquisa e desenvolvimento. O objetivo foi a adequação da ferramenta MCurso, para criação de minicursos on-line, para o mercado internacional. Trata-se de um sistema de rápida implantação que oferece aos usuários — administrador, instrutor e aprendiz — níveis de permissão, além de ser compatível com todos os bancos de dados disponíveis no mercado. “Passados três anos, já temos um representante em Portugal e, nesta edição da CeBIT, esperamos encontrar um parceiro interessado em comercializar o MCurso na Alemanha e em outros países da Europa, quem sabe até o integrando a outras soluções”, explica Alexandre Machado Cabral, diretor da RGT.

Em sua quinta participação na CeBIT, a gaúcha Datacom, líder nacional na fabricação de soluções IP e equipamentos para o setor de telecomunicações, levará para a mostra a sua solução completa de Switches Ethernet gerenciáveis de alta capacidade e alta densidade. “Oferecemos um preço bastante competitivo e um suporte pós-venda de alta qualidade. Já exportamos para mais de 50 países e a CeBIT, além de ser uma vitrine para a divulgação do nome da companhia no mercado internacional, é ainda um importante instrumento para encontrarmos novos distribuidores e parceiros”, detalha Fábio Martinazzo, gerente de contas internacionais da Datacom.

No ano passado, a CeBIT reuniu 3.400 expositores de 70 países distribuídos em 14 pavilhões e recebeu mais de 210 mil visitantes.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.