Gartner: mídias sociais, mobilidade e nuvem ditarão futuro da tecnologia

Por Redação | 06.08.2012 às 19:35 - atualizado em 29.07.2013 às 23:06

Mobilidade, mídias sociais, nuvem e informação. O Gartner, líder mundial em pesquisa e aconselhamento sobre tecnologia, aposta suas fichas e prevê que o futuro da tecnologia depende da relação entre estas quatro forças convergentes. Ao criar novas oportunidades de negócios, elas estão moldando e revolucionando o comportamento dos usuários que procuram ampliar os horizontes na internet. O assunto será tratado na Conferência Gartner AADI, nos dias 14 e 15 de agosto, no Sheraton São Paulo WTC Hotel.

De acordo com o Gartner, apesar de serem forças inovadoras, elas estão causando uma verdadeira revolução no mundo dos negócios e na sociedade, uma vez que rompem os antigos paradigmas e criam novos líderes. Há alguns anos, a força da tecnologia e a computação sofisticada existiam apenas no ambiente de trabalho. Já hoje, é possível ter em casa os mais evoluídos aparelhos, com velocidades incríveis para navegação na internet e processamento de dados. Isso faz com que as pessoas tenham acesso a todas as funcionalidades que tinham, antes, apenas no trabalho.

"Na relação destas quatro forças, a informação é o contexto para entregar experiências sociais e móveis aprimoradas”, diz Jess Thompson, vice-presidente de pesquisas do Gartner e chairman da Conferência AADI. "Os dispositivos móveis são plataformas eficazes para relacionamentos sociais e para novas formas de trabalho, conectando as pessoas de maneiras novas e inesperadas. A nuvem permite a entrega de informações e funcionalidade aos usuários e sistemas. Essas forças estão interligadas para criar um ecossistema de computação moderna, orientado ao usuário", ressalta.

Um grande exemplo de como o uso de dispositivos pessoais no ambiente de trabalho impulsiona práticas empresariais de TI são as mídias sociais. Elas são locais onde os internautas compartilham links, comentários e fazem amigos. E também são o lugar ideal para quem deseja vender um bem ou serviço, uma vez que as recomendações de compra de amigos exercem uma grande influência sobre as pessoas.

Mobilidade e computação em nuvem também andam juntas e a adoção em massa de aparelhos móveis faz com que seja necessário adaptar-se a uma nova infraestrutura, que gera novas oportunidades de negócios. Graças à mobilidade, os usuários estarão cada vez mais conectados a um ecossistema baseado na nuvem. O modelo de computação em nuvem é chamado pelo Gartner de fenômeno de "classe mundial", já que ele foca em resultados globais e sem limites.

Já a informação está em todos os lugares, tornando-se facilmente acessível graças às mídias sociais, à mobilidade e à computação em nuvem. Saber absorver corretamente a informação e usar os menores subconjuntos aplicáveis a uma empresa, produto ou consumidores, em um determinado ponto, será um fator crítico para geração de novas oportunidades e diminuição de riscos.

Saiba mais sobre a Conferência Gartner AADI (Conferência Arquitetura, Desenvolvimento e Integração de Aplicações): acesse www.gartner.com/br/aadi.