MWC: Mozilla quer lançar smartphones com Firefox OS por apenas US$ 25

Por Igor Lopes | 23 de Fevereiro de 2014 às 18h37
photo_camera Pocket-lint

* De Barcelona, Espanha, com colaboração de Pedro Cipoli

Já tivemos a oportunidade de conhecer alguns smartphones com o Firefox OS aqui no Canaltech, entre eles o Alcatel One Touch Fire e o ZTE Open, ambos com a mesma proposta: modelos de baixo custo e preço acessível para os mercados emergentes. O ZTE Open foi anunciado nos EUA por US$ 80 e o Alcatel One Touch Fire por R$ 199 aqui no Brasil em uma parceria com a operadora Vivo. Na MWC deste ano a Mozilla pretende diminuir ainda mais esses preços, chegando a US$ 25 (cerca de R$ 60) por aparelho.

Ainda que os preços dos smartphones tenham caído no mercado mundial (com exceção de alguns países, como o Brasil, infelizmente), mesmo os modelos de entrada ainda são inacessíveis para boa parte da população, que não pode gastar centenas ou milhares de reais em um desses dispositivos. Em uma parceria com a Spreadtrum Communications, empresa designer de chips chinesa, a Mozilla pretende chegar a esse patamar de preços em mercados que ainda possuem uma boa porcentagem de feature phones, como Indonésia e Índia.

Primeiros smartphones Firefox OS

Eles serão fabricados na Indonésia pela Polytron, e na Índia duas operadoras já anunciaram que vão distribuir os modelos: a Telkomel e a Indosat. Esses mercados são extremamente sensitivos a preços, onde cada dólar ou euro influencia na decisão de compra do consumidor, muitos deles ainda sem opções para abandonar seus antigos celulares. Apesar do foco ser os dois países asiáticos, eles não serão os únicos que receberão os modelos. Segundo o CNET, Venezuela, Colombia, Grécia, Hungria e também o Brasil estão na lista de países candidatos.

Naturalmente esses modelos terão limitações devido ao baixo custo dos componentes. A princípio, o chipset da Spreadtrum Communications suportará somente redes 2,5G, insuficientes para uma boa experiência no Android ou iOS como estamos acostumados, mas com recursos de sobra para quem nunca usou um smartphone. Outro ponto é o hardware, que aparentemente será mais básico do que os que equipam os dois modelos que testamos acima, mas a Mozilla tem uma carta na manga. Ao utilizar uma técnica de compressão de memória chamada ZRAM, a Mozilla alega que mesmo modelos com 128 MB de RAM serão capazes de rodar o Firefox OS sem grandes problemas. A técnica é semelhante à que vemos no Android 4.4 Kit Kat, que permite que mesmo modelos com apenas 512 MB de memória RAM rodem o Android. Os processadores, ao que tudo indica, serão single-core e rodarão a baixas velocidades, algo entre 600 MHz e 800 MHz.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.