Estádios da Copa são fotografados para o Google Street View

Por Redação | 07 de Fevereiro de 2014 às 17h00

O Google pretende criar tours virtuais completos dos estádios da Copa do Mundo da FIFA 2014 e o trabalho de captação de imagens já começou. Os tours poderão ser acessados por meio do Google Street View, recurso da empresa existente no Google Maps, que permite a imersão e navegação em ruas e ambientes públicos ao redor do mundo.

A ideia é que até o começo dos jogos todos os tours virtuais já estejam disponíveis na rede. Em entrevista ao site G1, o Google informou o futuro do projeto e especificou as arenas que já foram fotografadas por dentro. São elas: Maracanã, no Rio de Janeiro, Mineirão, em Belo Horizonte, Fonte Nova, em Salvador, Mané Garrincha, em Brasília e Arena Pernambuco, no Recife.

A empresa ainda explica que por enquanto não foi possível realizar o trabalho em todos os estádios, já que nem todos estão nas fases finais das obras. Como o objetivo do projeto é mostrar a estrutura dos estádios, principalmente a arquibancada e o gramado, é preciso esperar até que as obras nas arenas sejam completamente finalizadas.

Ainda não existe uma previsão para que o trabalho seja concluído, mas o projeto promete agradar muito aos amantes do futebol. Para isso, os funcionários do Google estão fazendo captações não somente de dentro da arquibancada, mas também do próprio campo. Assim, os torcedores podem ter uma visão completa do espaço, semelhante ao que é experimentado pelos jogadores.

O equipamento

google

A equipe do Google Street View conta com um equipamento especial chamado trekker, que é projetado em uma mochila e permite acesso aos ambientes em que os famosos carros da empresa não podem entrar. Os trekkers foram inicialmente projetados para a captação de imagens de trilhas e ambientes abertos de difícil acesso, porém, no ultimo ano, eles passaram a ganhar uma nova função: fotografar pontos turísticos em suas áreas internas.

O Google oferece trekkers emprestados a quem quer desbravar o mundo com o equipamento da empresa nas costas. Embora o projeto não seja remunerado, ele atrai muitos entusiastas por tecnologia. Você pode se candidatar preenchendo este formulário.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.