Bastidores: centro dá suporte para os jornalistas nas Olimpíadas 2012

Por Redação | 03.08.2012 às 14:20

Milhares de pessoas trabalham incansavelmente para que todos os jogos e disputas das Olimpíadas 2012, realizadas em Londres, Inglaterra, cheguem até a sua casa. As transmissões tanto de televisão como rádio são feitas com o auxílio de cabos, satélites, fibras óticas e linhas telefônicas, mas para que tudo saia perfeito as equipes contam com o auxílio de equipamentos de comunicação sem fio.

Switcher transmissão TV

O centro dará suporte para todos os profissionais de televisão com problemas em seus equipamentos sem fio

Além da imagem, os profissionais técnicos das emissoras de televisão precisam estar sempre atentos quanto a qualidade do som e para isso utilizam fones de ouvido, microfones e aparelhos de comunicação sem fio e de última tecnologia.

Para ajudar esses profissionais, a empresa alemã de soluções de broadcast Sennheiser abriu um centro de suporte para equipamentos de áudio durante a competição, o Olympic Support Centre. O centro conta com técnicos especializados que dão suporte e manutenção em equipamentos de transmissão sem fio, de aparelhos de radiofrequência, cálculo de frequências e também atendimento em casos de emergência.

"Um evento deste tamanho demanda tecnologia de ponta para a geração de imagens e áudio de qualidade internacional, utilizando os melhores equipamentos disponíveis no mercado. Nos sentimos orgulhosos por contribuir e disseminar a cultura de paz que os Jogos Olímpicos representam", afirmou Paulo del Picchia, diretor de marketing da Sennheiser América Latina.

O centro de suporte estará localizado em um espaço da Alias Hire, uma das principais transmissoras do Reino Unido, a cinco minutos do International Broadcast Centre, onde as emissoras e órgãos da imprensa estão localizados.