Copa 2014: Estádio Nacional de Brasília será a 1ª arena sustentável do mundo

Por Redação | 03 de Outubro de 2012 às 07h50
photo_camera Divulgação

Muitos estádios brasileiros estão sendo reformados para receber o público e os jogos da Copa do Mundo de Futebol de 2014. O antigo estádio Mané Garrincha, agora Estádio Nacional de Brasília, será a primeira arena do mundo a receber o certificado LEED de empreendimento sustentável.

A US Green Building Council, dos Estados Unidos, irá conferir o selo LEED Platinum para o estádio, que já possui mais de 72% de sua obra concluída, segundo informações da Agência Brasil. Entre os principais recursos sustentáveis aplicados ao projeto estão a reutilização de materiais presentes na antiga estrutura, painéis solares para a captação de energia e a reutilização da água da chuva.

O Sol será responsável por 100% do fornecimento energético da arena e a água da chuva será usada em mais de 80% de toda a demanda do empreendimento. O estádio também será equipado com sistemas de iluminação e ar condicionado inteligentes e programa de reciclagem de resíduos.

Outra característica do projeto é a ornamentação dos arredores do estádio com plantas do cerrado brasileiro, valorizando a flora local e aproximando tanto os turistas brasileiros como estrangeiros da nossa natureza.

Para a elaboração do projeto, o escritório de arquitetura Castro Mello utilizou o Maximus, desenvolvido pela NVIDIA, que combina os recursos gráficos em três dimensões das placas de vídeo Quadra 4000 com a alta capacidade de performance dos processadores Tesla, os mesmos usados em supercomputadores.

Com o uso do sistema, as simulações realizadas para a criação da arena de Brasília tiveram seu tempo reduzido de 8 horas para apenas 30 segundos, garantindo ainda mais um ponto no quesito sustentabilidade que permeia a obra do novo estádio.

"Realizamos um estudo bioclimático que consiste em um planejamento de como aproveitar melhor os fatores climáticos, como a iluminação solar e os ventos, para minimizar o uso de lâmpadas e ar condicionado. Também avaliamos como captar a água da chuva e usá-la para a irrigação do gramado", afirmou Vicente Castro Mello, sócio do escritório de arquitetura.

O Estádio Nacional de Brasília terá capacidade para 70 mil pessoas e deverá estar pronto até o dia 31 de dezembro de 2012.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.