China está desligando smartphones com aplicativos de mensagens como WhatsApp

Por Redação | 24 de Novembro de 2015 às 11h12

Não é nenhum segredo que quando se trata de controlar o que se passa dentro e fora da China o governo do país pode ser bastante rigoroso com respeito a censura. Tanto é que o governo chinês já projetou criar seu próprio smartphone seguro inteiramente construído a partir de componentes e software fabricados no país, de modo a evitar quaisquer potenciais backdoors do mundo ocidental.

Agora, segundo um relatório do New York Times, parece que o governo local começou a reprimir usuários de smartphones que utilizam aplicativos de mensagens estrangeiros como o WhatsApp. Isso foi relatado pela primeira vez em Xinjiang, onde os usuários que executaram os apps mensageiros teriam recebido uma mensagem de texto com os seguintes dizeres: "Devido às informações da polícia, vamos encerrar o seu número de celular dentro da próximas duas horas, de acordo com a Lei. Se você tiver alguma dúvida, por favor consulte a ciberpolícia afiliada em uma delegacia de polícia em sua vizinhança o mais rapidamente possível."

O cerco ao uso de VPNs também está se fechando na China. O governo parece que está iniciando o desligamento ou, mais precisamente, o fechamento de VPNs que não estejam adequadamente registradas. Ainda não está claro o tamanho do alcance das medidas adotadas pelo governo, no entanto esses não são, definitivamente, os primeiros casos registrados.

No ano passado, durante os protestos em Hong Kong, a China bloqueou aplicativos como o Instagram para evitar que os cidadãos do país não vissem as imagens do protesto. Também houve rumores sobre restrições ao Google e a sua loja de aplicativos Play Store.

Via Ubergizmo

Fonte: http://www.ubergizmo.com/2015/11/china-shuts-down-phones-with-foreign-apps/?utm_source=mainrss

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.