Snowden pede resposta popular aos escândalos de espionagem da NSA

Por Redação | 11 de Março de 2014 às 11h32

Em uma rara aparição pública, o ex-analista da NSA Edward Snowden participou do evento de cultura digital SXSW nessa segunda-feira (10). Por meio de uma transmissão em vídeo diretamente da Rússia, o responsável por revelar o escândalo de espionagem da NSA solicitou que a população seja mais ativa na vigilância da atuação da agência de inteligência.

Ele pediu que a comunidade tecnológica, justamente aquela presente em um evento de cultura digital como o SXSW, auxilie na criação de novos métodos de criptografia que dificultem o acesso indiscriminado aos dados. Ele sugeriu a encriptação ponta a ponta como um método a ser seguido, exigindo que a NSA e outras agências tenham que fazer mais do que simplesmente ganhar acesso ao backbone de um servidor.

O ex-analista ponderou que não se trata necessariamente de cegar as instituições de inteligência, mas sim dificultar a coleta de informações de cidadãos que não sejam suspeitos. Ele citou o navegador Tor como um bom exemplo em segurança digital, mas admitiu que esse tipo de camada de proteção é difícil de ser implementada por usuários comuns. Daí a necessidade de ter uma comunidade ativa, que fiscalize a atuação da NSA e tome medidas para se proteger dela.

Uma prova da dificuldade de implementação desse tipo de tecnologia foi a própria transmissão. Para garantir que a participação de Snowden não comprometesse a segurança dele, o vídeo exibido por meio do sistema Google Hangouts estava passando por sete proxies diferentes, o que resultou em uma baixa qualidade de imagem e muito lag na fala do especialista.

O especialista ainda comparou a espionagem governamental com aquela praticada por empresas e conglomerados para exibição de publicidade direcionada, por exemplo. Na visão dele, as ações da NSA são muito mais graves porque ela é capaz de privar os cidadãos de seus direitos essenciais e até mesmo prendê-los caso exista algum tipo de desconfiança.

Durante a palestra, Snowden recebeu os parabéns de Tim Berners-Lee, o criador do protocolo World Wide Web, e foi perguntado sobre que tipo de mudança interna seria necessária para que a NSA mude seu sistema de vigilância. Na opinião do analista, a necessidade é de uma presença civil nos altos escalões da agência, de forma a proteger os interesses da população.

Foi justamente por esse motivo que ele afirmou não se arrepender do que fez e que executaria todas as suas ações novamente se tivesse a oportunidade. Durante a transmissão, Snowden falou diante de uma imagem da constituição dos Estados Unidos, justamente o documento que jurou proteger ao entrar para a NSA. Para ele, as leis estavam sendo usurpadas pela própria agência e por esse motivo teve a ideia de trazer a verdade à tona.

A íntegra da palestra está disponível online e pode ser assistida em inglês. O SXSW está acontecendo em Austin, no estado norte-americano do Texas, e ainda vai contar com a participação do jornalista Glenn Greenwald. Ele foi o responsável por trazer as revelações de Edward Snowden ao público.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.