Snowden é indicado a um dos prêmios mais prestigiados da Europa

Por Redação | 17.09.2013 às 17:47

O Parlamento Europeu selecionou Edward Snowden e Malala Yousafzai como finalistas para o Sakharov, um dos principais prêmios de direitos humanos da Europa e que já agraciou grandes nomes, como Nelson Mandela.

O ex-colaborador da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA) responsável por vazar milhares de documentos que revelam informações sobre programas de vigilância do governo norte-americano foi nomeado pelo Parlamento Europeu. Eles disseram que Snowden fez um "enorme serviço" aos direitos humanos e aos cidadãos europeus ao revelar segredos da espionagem dos Estados Unidos, de acordo com a agência de notícias Reuters.

"Edward Snowden arriscou sua liberdade para nos ajudar a nos protegermos e ele merece ser homenageado por ter lançado luz sobre sistemáticas infrações a liberdades civis feitas pelos serviços secretos dos EUA e da Europa", disseram as líderes do movimento de indicação, Rebecca Harms e Dany Cohn-Bendit.

O Sakharov é considerado um dos mais prestigiados prêmios da Europa, e o vencedor levará para casa cerca de US$ 65.000. A votação começa no dia 30 de setembro, e o vencedor será escolhido pelos líderes parlamentares no dia 10 de outubro.

Quem concorre diretamente com o fugitivo do serviço de inteligência dos Estados Unidos pelo prêmio europeu é Malala Yousafzai, uma estudante, ativista e blogueira paquistanesa de apenas 16 anos que sobreviveu a um tiro na cabeça devido a sua militância pela educação das mulheres no Paquistão.

Nesta terça-feira (17), Malala recebeu outro prêmio por sua luta a favor dos direitos humanos. O Prêmio 2013 de Embaixador da Consciência da Anistia Internacional foi entregue para a jovem durante uma cerimônia em Dublin.