Snowden acusa NSA de praticar espionagem industrial

Por Redação | 27 de Janeiro de 2014 às 14h09

O ex-analista da NSA Edward Snowden afirmou que, além de espionar o cotidiano dos cidadãos americanos e do mundo, a agência também praticava espionagem industrial ativamente. De acordo com ele, informações sobre companhias internacionais eram coletadas mesmo que tal empresa não fosse de interesse algum para fins de segurança nacional ou participasse de operações ligadas a suspeitos.

Em entrevista à rede de TV alemã ARD, reportada pelo CNET, Snowden afirma que o papel da NSA, então, era muito maior que o de meramente proteger o país. Na visão dele, a agência de segurança estaria envolvida em todo tipo de ação benéfica aos interesses dos Estados Unidos, e não apenas em questões ligadas à proteção do país contra ameaças terroristas ou criminosas.

O ex-analista citou a Siemens como uma das empresas espionadas, mas não entrou em detalhes a respeito do tipo de informação que o governo norte-americano coletou. A companhia alemã é o mais novo nome a integrar a lista de espionagem realizada no país, que também inclui grampos nas ligações telefônicas da chanceler Angela Merkel.

Em resposta oficial enviada ao CNET, a NSA diz ter realizado operações apenas contra alvos com valor para os esforços de segurança nacional. O órgão negou qualquer tipo de ação relacionada ao roubo de segredos comerciais ou de espionagem industrial, além de afirmar não ter relação com a competitividade comercial dos Estados Unidos.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.