Serviço de e-mail criptografado usado por Edward Snowden anuncia fechamento

Por Redação | 09.08.2013 às 11:13

Um serviço de e-mail criptografado, provavelmente usado por Edward Snowden, reponsável pelo vazamento dos documentos do programa de espionagem eletrônica PRISM, anunciou nesta quinta-feira (8) que irá encerrar suas atividades. A decisão pode estar atrelada à uma suposta investigação conduzida pela Agência Nacional de Segurança (NSA) sobre o uso do serviço por Snowden.

O anúncio do fim do Lavabit foi feito por seu fundador, Ladar Levison, em postagem na página inicial do serviço. Embora a nota enigmática de Levison não mencione o nome de Snowden, o empresário afirma que ele "foi forçado a tomar uma decisão difícil: torna-se cúmplice de crimes contra o povo norte-americano ou deixar um trabalho árduo de 10 anos fechando o Lavabit".

Ainda em seu pronunciamento, Levison afirma que gostaria de discutir as razões pelo desligamento do serviço de e-mail, mas é impedido de fazer isso porque "o Congresso aprovou leis que dizem o contrário". Segundo informações do CNET, leis federais norte-americanas proíbem a discussão de detalhes sobre investigações de segurança ou a menção de que elas existem.

O Lavabit, que utiliza criptografia nas mensagens de e-mail paara evitar a leitura por terceiros que não sejam o destinatário e o remetente, foi supostamente usado por Edward Snowden em julho deste ano para enviar uma mensagem à organização Human Rights Watch.