Ministra venezuelana sugere que cidadãos deixem o Facebook devido a espionagem

Por Redação | 11 de Julho de 2013 às 16h24

Maria Iris Varela, ministra venezuela do Serviço Penitenciário, sugeriu aos seus compatriotas nesta quarta-feira (10) por meio de seu perfil no Twitter que deixem o Facebook para evitar que se tornem informantes involuntários do programa de espionagem eletrônica PRISM, conduzido por agências dos Estados Unidos e revelado no último mês por Edward Snowden. As informações são da Reuters.

"Compatriotas: cancelem suas contas no Facebook, vocês têm trabalhado de graça como informantes da CIA. Revisem o caso Snowden!", escreveu a ministra em referência ao caso do jovem responsável pelo vazamento dos documentos secretos da Agência Nacional de Segurança (NSA) norte-americana e que, atualmente, busca asilo político em algum país para evitar sua extradição para os EUA.

A Venezuela é um dos países que confirmaram a solicitação de asilo a Snowden, no entanto, ele ainda não respondeu e acredita-se que sua saída da área de trânsito de um aeroporto em Moscou, Rússia, não será fácil, já que ele não possui mais seu passaporte norte-americano.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.